Translate

sábado, 15 de dezembro de 2007

O NOVO VÔO DO ZEPELLIN



O novo vôo da lendária banda de Rock, 27 anos depois da sua separação, foi reverenciado mundo afora, com muita euforia principalmente das gerações dos anos 60/70, nos jornais na rede e nos blogs, não só por ser uma das maiores bandas de rock de todos os tempos mas também pela nostalgia que se transformou em presente no show único na O2 Arena.
Criada às pressas por Jimmy Page após o fim dos Yardbirds, um supergrupo que tinha ainda Eric Clapton e Jeff beck, a nova banda parecia não ter futuro e por brincadeira recebeu o nome de um dirigível de chumbo por acharem que não decolaria nunca. Robert Plant era um iniciante e John Paul Jones um dedicado músico de estúdio, quando tocaram em dezembro de 1968 no Marquee de Londres e lançaram o disco Led Zepellin I, que uma semana depois entrou nas paradas dos EUA. Começava aí uma das ascensões mais fulminantes da história do Rock.
O Led Zep marcou claramente a fundação do heavy-metal mas sem perder a inocência do Blues, se reciclando através dos anos em discos diferenciados, com algumas paradas forçadas por tragédias pessoais.
A nave zepellin só aterrisou finalmente em 1980 após a morte de seu baterista, John Bonham, depois de doze anos de culto e adoração em proporções gigantestecas. Não se pode esperar uma Tournée mundial após esse show, segundo a Imprensa Plant e Jimmy page davam sinais de cansaço no fim, apesar de soarem quase como antigamente na maior parte do tempo. Como consolo deve pintar em breve tudo em DVD. Talvez tenha sido o último vôo.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

WE DON'T NEED NO EDUCATION

EDUCAÇÃO ZERO
Os programas imternacionais de avaliação para a educação fizeram a Imprensa divulgar nos últimos dias o que já se sabe há tempos e ninguém tinha a coragem de comentar: A educação no País é nota zero. Nenhuma surpresa, basta conversar informalmente com alguns indivíduos de idade abaixo de 20 anos para começar a desconfiar. Se alguém ( que não esteja na mesma condição), observou com mais atenção as duas últimas gerações,descobriu que a maioria dos brasileiros não consegue nem pensar.
Não acho a situação preocupante, acho que esse tempo já passou, pelo menos duas gerações de jovens brasileiros estão condenadas aos desígnios da sorte com larga perspectiva ao azar. As exceções de praxe são os mutantes, com uma baita força de vontade, e os filhinhos de papai.
No futuro, nossos políticos serão filhos de políticos, empresários filhos de empresários,artistas filhos de artistas, tenham talento ou não...opa, o futuro já chegou.
Segundo o diagnóstico do PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos) que tem uma escala de seis níveis, na área de Ciências, o País não tem alunos que possam ser avaliados no nível dois, o aluno médio está no nível 1 (mínimo) e 27% não chegaram nem a este nível.Não é que o futuro científico do país esteja em perigo, ele já está comprometido pelo menos em duas gerações. O estado de S.Paulo que é tido como estado mais evoluído da federação ficou em 11% lugar,atrás de Sergipe, Paraíba e Goiás, mas o governador paulista José serra tinha uma resposta precisa: o exame foi realizado em 2006, durante o governo de seu antecessor Geraldo Alckimin. O nível provavelmente continua o mesmo, já que é impossível piorar em tão pouco tempo, pois como mostram os resultados do Inaf (Indicador de Alfabetismo Funcional) que avalia o nível de conhecimento de Português e matemática dos brasileiros, nessa toada (velocidade) vamos sacrificar mais duas gerações.
Duas ,se houvesse agora uma reforma e o país começasse a investir pesado em educação, tipo os 40 milhões anuais da CPMF para começar, coisa que o mais idiota dos nossos conterrâneos não consegue imaginar.
Para os otimistas resta torcer para que autodidatas comecem a aprender a raciocinar por sua própria conta e risco.

sábado, 8 de dezembro de 2007

TEMOS O MUNDO INTEIRO NO NOSSO QUINTAL...


O mais cultuado dos desenhos animados atuais (para crianças) Over the world, é Backyardigans. Não é para menos, é tão genial que encanta alguns adultos,como diria a tasha um dos bichinhos da série: é o desenho perfeito. Porque ninguem pensou nisso antes? Além de sair do roteiro violento e adulto dos desenhos dos últimos anos, é inteligente e simples.
Os Backyardigans é uma série em 3D, criada por Janice Burgess e pelo estudio canadense Nelvanae. Começou a ser exibido em novembro de 2004, com 20 episódios, no Brasil desde 2005 pela Discovery Kids. O problema é esse: os episódios são poucos e repetem-se ao exaustão. Só agora começa a ser conhecido no Brasil e para quem tem TV a cabo, por isso não virou febre entre as crianças brasileiras.
O desenho gira em torno de cinco amigos que moram em casas vizinhas e brincam juntos compartilhando diariamente um grande quintal. Usando a imaginação, eles "transformam" o quintal em mundos sempre diferentes e aí começam grandes aventuras. Os bichinhos esbanjam educação inteligência e boas maneiras, tudo de bom para crianças.
Aliás, outra coisa boa é que a aventura acaba sempre na hora do lanche,quando algum deles fica com fome. O desenho no fundo é um musical e cada episódio tem várias canções, o gênero varia do R&B e jazz passando por rock, samba, tango e reggae. Genial !!!


PERSONAGENS

Tasha é a pequena e charmosa hipopótama amarela!! Com sapatinhos vermelhos e um lindo vestido florido. Mas não se engane, por baixo dele bate um forte coração de lider, justa, racional e cética. Sempre altamenta motivada para fazer as coisas do seu próprio jeito, um tanto quanto autoritária, mas de brincadeira.
Pablo é o pequeno pingüim azul, que se destaca pelo seu chapéu de hélices e por sua gravata borboleta, é dele que parte a maioria das idéias e quem costuma tomar a frente em muita das situações impulsionado pela sua energia e impetuosidade, porém vive entrando em pânico quando se depara com obstáculos.
Tyrone, o alce de cor laranja é muito agradável e às vezes medroso, aparentemente não usa calças,mas de alguma maneira consegue por as mãos no bolso. Tyrone também é descontraído, cabeça-fria e conhecido por seus comentários irônicos. Ele pode parecer um pouco mais lento que seu melhor amigo,o Pablo, mas ambos se completam. E qualquer problema que o Pablo possa imaginar, o Tyrone pode resolver.
Uniqua.Mas o que é a Uniqua? È uma uniqua, assim como o nome é a espécie dela. Talvez um dinossauro? Ela é graciosa, ágil, engraçada, e vive contando piadinhas. Uniqua é arteira, mas ela também é doce. ela sabe se os amigos dela estão contentes ou tristes e faz tudo para agradá-los.
Austin Um canguru roxo e divertido, este é Austin. Ele é muito doce e sincero, sempre contente e energético ao ser incluido nas brincadeiras, tímido e ao mesmo tempo autoconfiante, ele sempre tenta ajudar os amigos quando eles precisam, as vezes de modo ardiloso. Embora ele não apareça muito, foi votado como o segundo favorito dos Backyardigans, só atras do Pablo. Ninguem sabe porque ele não aparece em todos os episódios.Talvez seja o mais estudioso e não esteja disponivel para todas as brincadeiras. Genial!!!


sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

POLICE PARA QUEM PRECISA DE POLICE

Tenho pelo menos quatro motivos para não ir ao show do police, um a menos que o crítico de rock Arthur Dapieve relatou no 'O GLOBO' de sexta-feira passada. Duas coincidentes, a mais importante é que não há uma música do Police que tenha me entusiasmado,não há registro de uma música que me traga alguma recordação de 25 anos atrás, enfim não aconteceu para mim,embora eu goste muito da obra do Sting e saiba da importancia da banda para muita gente.
A segunda é que eu acho que o dinheiro acabou e os caras, que se odiavam até pouco tempo atrás, resolveram ganhar uma graninha fácil explorando a fama do passado.

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

ATENÇÃO: SOBRE TROPA DE ELITE!

Claro que me perguntaram se eu ví Tropa de Elite. Não. Também não tenho celular. Aliás, sobre
cinema Brasileiro, a melhor definição sobre o tema é do Diogo Mainardi na Revista Veja. Se não existisse não faria a menor falta, e ainda nos pouparia de várias baboseiras e constrangimentos.

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

LIBERAÇÃO DAS DROGAS - PIADA MORTAL

Imaginem a casa-de-mãe-joana que se transformou o Brasil com a liberação geral do baseado, do pó e das sintéticas.Vários grupos tentam colocar o assunto na pauta do debate nacional,creio que os principais são os usuários da elite e classe média alta que incomodados com a acusação de
patrocinarem a violência querem cheirar seu pozinho na mais absoluta calma e dentro da mais pura legalidade. Outra facção, digo, corrente, é de políticos que sonham em meter a mão nos milhões de reais que circulam no milionário mercado dos traficantes, já que a CPMF já está comprometida e não dá mais nem para comprar dois deputados do PSDB.
Caso haja uma liberação geral, (o que não é dificil com os poderes executivo,Legislativo e Judiciário que temos), imagino que o governo no afã de lucrar mais, vai começar embutindo aliquotas e taxas no preço do pó fazendo este subir mais que o pãozinho de 50 gramas, levando à TV consumidores desesperados reclamando que a coca brasileira está custando os olhos da cara,(ou o nariz). Os preços subirão mais ainda na entressafra,quando os produtores brasileiros começarão à pedir subsidios ao governo, e como acontece hoje com os CDs e DVDs, a choldra começará a comprar produtos mais baratos da Bolivia e da Colômbia, como antes.
No curso do segundo ato das minhas visões, não creio que os antigos traficantes aceitem se aposentar (provavelmente com uma bolsa-traficante criada pelo governo federal) ou fornecer
assessoria nos PVD, e os camelôs vão fazer a festa vendendo baseados 50% (tá bom?) mais baratos. Como esse pessoal já mostrou que não conseguem fazer negócios em paz, as facções começarão uma guerra para demarcar seus territórios, desta vez no asfalto, claro, voltando tudo ao que era antes, só que um pouquinho pior.
É de supor que a taxa de acidentes no trânsito cresça mais que as taxas de cartão de crédito, por conta da turba que além de bêbada poderá dirigir aspirada, sem nenhuma inspiração, como eu, que fico imaginando só o pior.

domingo, 29 de julho de 2007

DIÁRIO DE UM EMO




Pouca gente sabe o que é um Emo,não interessa. O que interessa é que já temos um tradutor de Português para o Minguxês,aquela linguagem estranha usada pelos adolescentes que não conseguiram aprender a ler nem escrever. Agora,quando vc, digo você, se deparar com um texto destes não entre em pânico. Acesse o link http://aurelio.net/web/miguxeitor.html
Você verá que a falta de criatividade não tem limites. E se não sabe o que é um Emo, veja um texto de seu diário:
Hj tow Me SEntiNu 1/2 mAu...... ACORdei i nAUM VI A emuxXxAH...MInhAH KORUJaH Di pELUCiah FofUxXxah...... kd VUxXxE??!?! KoitadEENhAh...deVI Te KAidu DaH KAMah...DinoVU...... soH di pENSAh NiXXu Jah xXxORei...... KI vidah kRUeU...... naUM poXXu dexXxah eLAH sozinHAH NEM POr 1 siGuNdu.................. UFaH...Ki alIViU!!!!! ELah TAvAh AkI...EmbaixXxU dU MeU xXxeiRINHU KKKKkkKKKKk
Tradução para o Miguxês/Fofolês:
Hoje estou me sentindo meio mal. Acordei e não vi a Emuxa, minha coruja de pelúcia fofa. Cadê você? Coitada, deve ter caído da cama, de novo. Só de pensar nisso já chorei. Que vida cruel. Não posso deixar ela sozinha nem por um segundo... Ufa, que alívio! Ela estava aqui, embaixo do meu cheirinho :)


Apoiado por alguns especialistas em adolescencia que acham que a língua se modifica através dos séculos e visto como uma linguagem do futuro, alguns livros começam a ser traduzidos para o Minguxês. Como por exemplo o texto abaixo de Nietzche publicado no famoso livro "Assim Falou Zaratustra". Confira:
“U VoXXU AmOR au pROxXxImU eH U VoXXU mau AMOr POr vuxXx msMxXx...... fUgIxXx pRah juNtu DU prOxXximU A FiM Di fuGi dI VuxXx MSMxXx I DisejAriEIxXx FAzE dIsTU 1 ViRtUDi; MAxXx EU vEju KLAru EM voXXu ‘alTruismU’...... nAUM vUxXx supOrtAixXx A vuxXx MsmxXx I NAuM VuxXx amAixXx BaStaNtI: eNtAUM...keREixXx iNdUZi U proxXxiMU A AmaH-vUxXx...PraH VUxXx DORArDIxXx kUM seU eRRu...... u VOXXU maU AMOR poR VUxXx MSmxXx TrAnsfORMAh...pRaH vUxXx...A soliDauM EM kArcErE”.....
.Tradução:“O vosso amor ao próximo é o vosso mau amor por vós mesmos. Fugis para junto do próximo a fim de fugir de vós mesmos e desejaríeis fazer disto uma virtude; mas eu vejo claro em vosso ‘altruísmo’. Não vos suportais a vós mesmos e não vos amais bastante: então, quereis induzir o próximo a amar-vos, para vos dourardes com seu erro. O vosso mau amor por vós mesmos transforma, para vós, a solidão em cárcere”.

domingo, 22 de julho de 2007

É PRECISO TER CHARME


Os Brasileiros agora vêem a equipe de volley
Cubana como inimiga, elas não ligam. Não
ligaram para as vaias, simbolo nacional no
Pan2007 , demostrando preparo e confiança,
símbolos de Cuba. Seguras, agressivas , mas
às vezes graciosas até ao cair na quadra, dá
vontade de viajar para Havana.

sábado, 21 de julho de 2007

CLONE DE MIREYA
Durante o jogo em que Cuba ganhou a medalha de ouro do PAN2007, os amantes do volley não podem negar que a supremacia cubana continua plena ao sul do Caribe. Uma máquina que conta com a melhor atacante do mundo, uma clone de mireya, uma demolidora nata. Quem viu Yumilka Ruiz devolver uma bola de graça? Quem viu medo ou indecisão nos olhos da Rainha Negra? Patriotismo à parte, ontem o Brasil não tinha ninguem para faze-la ajoelhar-se.

sábado, 7 de julho de 2007

SISTEMA ESTÚPIDO
Navegar é preciso. A Justiça é cega. São duas frases variavelmente interpretadas erroneamente no País das maravilhas. A segunda é mais urgente para a choldra pagante de impostos, se bem que parece não haver nenhum movimento da sociedade para começar a se indignar com as aberrações das leis Brasileiras. Deveria ser revoltante o simples fato de artigos da constituição se tornarem polêmicos. Alguma coisa já deveria ter sido feita com relação ao código penal, ao abôrto, à maioridade penal, para não se estender muito.
É o sistema, estúpidos! Disse alguem para sintetizar os problemas eleitorais nos EUA, aqui o sistema é o causador dos problemas. As leis que tem variadas interpretações servem como uma luva para o batalhão de advogados, juízes e desembargadores fazerem a festa com a justiça cega. As apelações, os recursos, as progressões, os habeas-corpus, as liberdades temporárias, deveriam premiar os inocentes ou vítimas de erro judiciário, não os ladrões, assassinos,estrupadores, traficantes e assaltantes que descaradamente contratam advogados descarados pagos com dinheiro proveniente do próprio crime. No Brasil, navegar é preciso, julgar não é preciso.

FORA RENAN ANTES QUE COMECE O PAN


O DIARIO DE TODOS OS DIAS, do Jornalista Felipe Cruz, sugeriu placas como essa na maratona do Pan, (vai ter maratona?) eu espero que o intocável chefe, digo, presidente do Senado não resista até lá.

quinta-feira, 5 de julho de 2007

VAI ENCARAR...?


Os especialistas em violência tremem só ao ouvirem falar em Forças Armadas, são duas as explicações para a paranóia: temem que as forças armadas se imponham com autoridade e sejam incensados pelo povo e, torne-se público o sucateamento intencional das forças desde o fim do regime militar. O artigo mais recente contra a idéia do governador de chamar o exército é de alguém com o pomposo título de coordenador de análise da violência da Uerj. Merece o premio da Madame natasha ao dizer que “ O diagnóstico de que o Rio vive um clima de Guerra é falso.Mascara a complexidade das dinâmicas que alimentam a insegurança e obstaculizam a possibilidade de que se adotem medidas efetivas de redução das taxas de violência.” Eu entendi que é melhor distribuir uma bolsa-assaltante para todos os meliantes que matam e esfolam sob o comando do tráfico, mas não entendi quando diz que “a ação pode trazer consequências desastrosas para a população”. Se o clima de guerra é falso, a foto do Inspetor Leonardo Torres,”o Trovão,” entre os cadáveres espalhados após a tomada do Complexo do alemão deve ser uma montagem. No final, sua análise ( do coordenador,claro!) acha que alguns setores das policias estaduais tem cometido abusos. Espero que não tenha sido contra indefesos bandidos.

sábado, 30 de junho de 2007


GALERIA DOS FILÓSOFOS GENUINAMENTE BRASILEIROS


ZÊNON VAQUEIRO
Além de criar reses fantasmas, criou o Lobismo. Conseguiu se dar bem na vida ao juntar suas duas criações, vendendo as reses (fantasmas) e recebendo o dinheiro dos lobistas. Ganancioso e prepotente, queria também ser o chefe dos vaqueiros e ganhar todas as mulheres do condado. Começou a se dar mal quando começou a misturar tudo: deu dinheiro do lobista para as mulheres dizendo que era das vacas e o dinheiro das vacas para a mulher do lobista.

quinta-feira, 7 de junho de 2007

O REI ESTÁ CERTO.
Roberto Carlos foi criticado pela mídia por ter levado a justiça a proibir a venda do livro sobre sua vida, houve uma grita da Imprensa em defesa da liberdade de expressão, que tem duas faces distintas, o que descobri ao perguntar para as pessoas suas opiniões sobre o assunto. Fiquei surpreso em descobrir que a grande maioria não se deixou influenciar pela mídia. Eu sim, mas agora cheguei a conclusão que o Rei está certo e que se dane essa tal de liberdade de expressão, não se pode fuxicar sobre a vida dos outros impunemente!Ainda mais de um Rei. Mas não pensem que me deixei influenciar pela opinião das pessoas que não se deixaram influenciar pela mídia. Acho que os famosos vendem a alma no início da carreira para aparecerem de qualquer jeito e depois de conseguirem o objetivo querem viver normalmente. O que pesa realmente à favor de Roberto Carlos é que ele sempre foi discreto e simples, mesmo nos áureos tempos da Jovem Guarda, o que lhe dá certo crédito e respeito. Mas o que me fez pensar de outra forma, foi finalmente entender uma frase, na linda música “O Divã” de 1972, descrita em detalhes (sem trocadilho) no livro, onde o Rei praticamente desabafa: “Estas recordações me matam.”

sábado, 26 de maio de 2007

SGT.PEPPER'S LONELY HEARTS - 40 ANOS


Em 1966,os Beach boys dominavam a América e Bryan Wilson, líder e compositor da banda, depois de ouvir Revolver dos Beatles, sentiu a ameaça e isolou-se durante vários meses para tentar fazer um disco superior. Enquanto o grupo escursionava sem ele, trabalhou no que considerava sua obra-prima: o projeto do álbum Smile. Quando terminou o trabalho e ia apresenta-lo ao mundo os Beatles lançaram Sergeant Pepper’s Lonely Hearts Club Band. Brian entrou em depressão ao perceber que seu trabalho não poderia jamais competir com o disco mais revolucionário da música Pop.
Considerado o clímax não apenas da carreira dos Beatles,mas de toda uma fase do Rock, que mudaria por completo, Sgt. Pepper’s trazia além de inovações musicais, inovações de técnicas de produção.
Lançado em 1º de Junho de 1967, Foi o primeiro disco conceitual, e a primeira amostra de que o Rock tinha ligação com Arte, a começar pela capa, com várias mensagens e referências. Foi o começo das obsessões temáticas e o começo das letras com mensagens subliminares. Com composições 99% Lennon&McCartney as músicas apareceram mixadas (sem intervalo) pelo genial George Martin. Lucy in the Sky with Diamonds, A Day in the life, A litlle help from my friends, When I’m sixty-four, além da música título foram os destaques do petardo que faz 40 anos em 1º de junho. Eu prefiro Revolver como o melhor álbum dos Beatles, mas Sergeant Pepper’s é... emblemático.

quarta-feira, 16 de maio de 2007

PLURALIDADE IRRACIONAL
Há pouco tempo finalmente descobri o porquê do silencio dos intelectuais brasileiros ante o atual festival de besteiras que assola o País, agora junto ao festival de atrocidades que assola a sociedade. Aos que lêem é fácil verificar nos jornais, nas revistas, nos semanários e nos blogs, o conflito de opiniões vindas de várias correntes e que não influenciam mais ninguem, pois cada um tem uma visão diferente o que resulta numa denominação cada vez mais usada pela mídia e que se chama polêmica. Aliás, falar de polêmica no Brasil cheira à redundância, por isso o silencio da intelectualidade e dos que usam um pouco mais o cérebro. Nada adianta mais uma opinião perdida no caldeirão de asneiras produzidas por verdadeiros asnos, que são legião, vítimas talvez, dos vinte e tantos anos de degradação da educação e cultura. Alguns letrados podem diagnosticar que a pluralidade de ideias é saudável e traduz o amadurecimento democrático da sociedade brasileira, o que poderia ser verdade em outra situação, mas se assemelham aos setores da nova Imprensa marrom (essa é nova), que não sabe para onde vaí, e que ainda acha o máximo a frase que diz: toda unanimidade é burra. Para ambos os segmentos é fácil perguntar aonde vamos chegar com tudo resultando em polêmica, mas a resposta é mais fácil, a lugar nenhum. Costuma-se tratar a democracia politica e economica brasileiras como se estivéssemos na Europa. Somos uma nação diferente da França e Inglaterra, que possuem um padrão de educação, cultura e raça com poucas variações, em paises multi-facetados como o BRASIL e os EUA depende-se totalmente das instituições. Tem que se fazer uma constituição que seja clara e sem concessões aos mal-intencionados e que todos sejam iguais perante a lei, e que todos cumpram a lei. Ao contrário do que os politicos velhos e novos tentam mostrar nesses vinte e cinco anos pós regime militar, democracia não prescinde da autoridade. O congresso, o judiciário e o serviço público tem que ter credibilidade e autoridade.Se não seguirem o modelo dos EUA vamos viver às voltas com besteiras a vida toda.

sábado, 28 de abril de 2007


WHO´S WHO












Embora não seja novidade o aproveitamento dos super-herois dos quadrinhos pelos grandes estudios de hollywood, eles se tornaram atualmente protagonistas das maiores produções e com maior retorno financeiro, graças a legião de fans de HQ , que não podem deixar de dar uma olhadinha para depois cair de pau em cima dos diretores e produtores que tentam mostrar em duas horas uma paixão que já dura várias décadas. Sem contar com o Motoqueiro fantasma, um erro de cálculo de todo mundo envolvido na produção, já foram para as telas o Superman, Batman, Homem-aranha, X-Man , Quarteto Fantástico, Demolidor, Hulk, Elektra, e vem aí o Homem de Ferro. Efeitos especiais à parte é bom que se diga que é coisa para iniciados. Não sei como um leigo que viu algum dos tres filmes do X-Man tenha entendido alguma coisa, pois nos quadrinhos a coisa já é muito complicada. Para piorar não há uma sequencia duradoura de lançamentos pelas editoras no Brasil. No Wikipédia centenas de colaboradores não chegam a uma conclusão sobre os personagens que passaram pela escola do Professor Xavier, portanto precisaria de uns vinte longa-metragem contando um pouco de cada um para se começar a entender os X-Man. Mas valeria a pena, na opinião dos fans foi a melhor adaptação, entre todos, para o cinema. Para quem quer começar o aprendizado aí vai a lista dos X-Man desde o inicio, não se incluindo claro, a irmandade dos mutantes, os Morlocks, o círculo do Inferno, o grupo excalibur, os coadjuvantes e outros vilões

X-Men originais
Professor X(Charles Xavier)
Ciclope (Scott Summers)
Jean Grey
Fera (Henry McCoy)
Anjo (Warren Wortinghton III)
Homem de Gelo (Bobby Drake)

E depois se uniram a equipe:
Destrutor (Alex Summers
Polaris (Lorna Dane)
Mímico
X-Men - Segunda Geração
Solaris
Pássaro Trovejante - morreu pouco depois
Banshee
Colossus
Noturno
Tempestade
Wolverine

E depois se uniram a equipe:
Magneto (Erik Leshneer)
Lince Negra(Kitty Pryde)
Vampira (Anna Raven)
Forge
Psylocke (Betsy Braddock)
Jubileu

Novos Mutantes
Miragem
Karma
Magma
Magia
Lupina
Cifra
Mancha Solar
Warlock
Míssil
Exilados
Blink
Heather Hudson
Longshot
Morfo
Gambit

Outros
Arcanjo - Sem equipe
Banshee - Morto
Bishop - Membro da UNI
Fusão - next wave
Fênix
Jean Grey - Morta definitivamente
Mancha Solar - Membro do Clube do Inferno
Courtney Ross - Integrante do Clube do Inferno
Meggan - Morta
Deadpool - Sem equipe
Prodígio - estrategista dos Novos X-Men
Bling - Sem equipe
Fada - Sem equipe
Estopim - Sem equipe
Onyxx - Sem equipe
Indra - Sem equipe
Anole - Sem equipe
Loa - Sem equipe
Karma - Integrante dos 198
Ouriço - Morto
Caliban - Integrante dos 198
Dominó - Integrante dos 198
Erg - Integrante dos 198
Mammomax - Morto
Shatterstar - Integrante dos 198
Sr. M - Morto
Sanguessuga - Integrante dos 198
Febril - Integrante dos 198
Jazz - Integrante dos 198
Groxo - Integrante dos 198
Lorelei - Integrante dos 198
Arco Voltaico - Integrante dos 198
Empata - Integrante dos 198

sábado, 21 de abril de 2007


OS MISTERIOS DOS HERÓIS DOS QUADRINHOS
70 ANOS DO FANTASMA
Aqui no Brasil encerrou-se o ciclo de leitura de histórias-em-quadrinhos, afinal a nova geração não sabe ler, mas no resto do mundo as mudanças globais modificaram o perfil dos personagens mais famosos, alguns tiveram que ir desta prá melhor. Estas mudanças já aparecem nas versões pró cinema que só há pouco conseguiu uma tecnologia avançada para retratar super-herois complexos como os X-man e o Quarteto fantástico. Mas para quem acompanhou a chamada fase de ouro, a evolução deixou a descoberto certos aspectos que antes nem pensávamos existir.Um dos mais misteriosos e queridos heróis dos anos 50 e 60 era o FANTASMA, “o espirito-que-anda”. Foi criado em 1936! Por Lee Falk, desapareceu no inicio dos anos 70 junto com o Guran, seu fiel ajudante, e toda tribo de pigmeus bandar, que habitavam a floresta de bengala. Sua vestimenta era um collant roxo, originalmente , mas no Brasil era vermelho vivo, (não há espaço para explicar aqui o motivo) que o cobria dos pés à cabeça, e foi o primeiro a usar uma máscara, não se sabe porquê. Conseguia se aproximar dos bandidos sem ser notado, (daí seu nome) o que é um mistério devido a cor berrante do seu uniforme. Em um ambiente verde era para ser percebido a quilometros. Mas os estudiosos se perguntam mesmo era como ele aguentava o calor da floresta equatorial, pois ele nunca foi visto sem roupa pelos leitores e ninguem podia ver seu rosto, outro mistério nunca revelado. Apesar de tudo foi um herói completo.Casou após 40 anos de namoro com a Diana Palmer, tiveram dois filhos. São coadjuvantes obrigatórios seu cavalo HERÓI e o lobo CAPETO. Carismático, deixou saudades em milhares de fans pelo mundo (como eu, Soninha, Jô soares, Fellini, Umberto Eco..). Virou filme nos anos 90, mas não foi levado muito a sério, nem pelos criadores nem pelos próprios fans. Como poderia alguns meliantes chegarem à caverna da caveira, guardada pelos temiveis bandar e suas flechas envenenadas, e roubarem o tesouro do Fantasma? A única explicação é que os pigmeus aproveitavam a ausencia do chefe em visita mensal à noiva prá cair na gandaia. Como diz um velho ditado na selva: às vezes o Fantasma age como um homem comum.

domingo, 8 de abril de 2007

ROCK HISTORY














ELECTRIC LIGHT ORCHESTRA Grupo inglês liderado por Jeff Lynne. Influênciado pelos Beatles, conseguiu produzir um som com caracteristicas próprias.
Os anos 70 foram seu auge e deixaram para a posteridade
algumas das mais bonitas canções do Rock. Para conferir basta
ouvir DISCOVERY e OUT OF BLUE.

segunda-feira, 2 de abril de 2007

E O APAGÃO FERROVIÁRIO...



A Imprensa explora por todos os ângulos a crise no setor aéreo, como se não fosse mais um setor entregue ao caos nos últimos governos. Como de costume privilegia as classes A e B. No setor de transportes, em geral, a coisa já está um caos há muito tempo. As classes D e F que usam o TL por exemplo, estão zombando de quem pode viajar de avião, posto que o apagão ferroviário já dura um século e ninguém escreve uma linha sobre isso. Eles propõem uma troca: dois dias do saguão do aeroporto por duas horas na muvuca da linha Guapimirim - Saracuruna.

domingo, 1 de abril de 2007


ECONÔMICAS
Segundo uma pesquisa, (de novo) o déficit habitacional brasileiro alcança oito milhões de moradias. (e a minha?). O governo pretende subsidiar a construção de 750 mil casas populares,com a liberação de R$ 15 bilhões do FGTS. Não cobre nem dez por cento do problema, e no final do mandato o número de sem-tetos vai estar três vezes maior, melhor para o País que fazer casas populares seria investir em educação e controle de natalidade.
Seu Gerôncio, lá em Guarabira (PB) já ouviu falar na China, mas nunca ouviu falar em planejamento familiar.(Quéisso,macho véi?). Ele acredita que vai receber uma ajuda do governo, que se preocupa com os excluídos. Enquanto era excluído, Sua mulher teve quatorze filhos, e acha que sua casa tá ficando apertada! Seu plano é vendê-la e comprar umas três do governo.

sexta-feira, 30 de março de 2007


ROMÁRIO & OS MIL GOLS.
Pra quem vê futebol na TV ou se arrisca a assistir os programas de mesa-redonda sobre futebol, a paciência
já está no limite, nestes dias que antecedem o inevitável milésimo gol do baixinho. A mediocridade, já natural, dos programas está exarcebada por causa do episódio. A obviedade dos repórteres, a obsequiosidade dos narradores, a falta de imaginação dos comentaristas, iguala-se em pé de igualdade com a prepotência do craque. Nem em entrevistas com o Rei do futebol observa-se tanta subserviência, parece que se tem que agradar o ex-jogador em atividade, para conseguir que ele se digne a falar. Ainda bem que, nas contas
dele, falta só um. Melhor desligar o som. (Foto:Terra)

ROMÁRIO & A THOUSAND GOALS.
For who sees soccer in TV or takes a risk to attend the discussion panel programs on soccer, the patience is already in the limit, on these days that precede the inevitable thousandth goal of the “quietly”. The mediocrity, already natural, of the programs it is exaggerating because of the episode. The reporters' obviousness, the narrators' affability, the lack of the commentators' imagination, is equaled in foot of equality with the expert's prepotency. Nor in interviews with the King of the soccer so much subservience is observed, it seems that it is had to please the old player in activity, to get that he deigns to speak. Fortunately, in his bills, it lacks only one. Best to turn off the sound.
AS PRAGAS SEGUNDO MILLÔR
Millor , grande cartunista e trocadilhista, fez uma relação de “pragas”
que nos deixam pessimistas quanto ao futuro do Mundo. A lista é
longa, por isso transcreverei somente as que nos interessam, isto é,
as brasileiras, com algumas (duas) humildes contribuições.

********************************************
Temos que evitar apenas os politicos corruptos, a violência crescente,
a emigração indesejável, os bumerangues a baixa altitude, raios manta,
raios panda, ateus, hereges, anti-papistas, a democracia bolivariana,
os pintores primitivos, os pintores modernos, Confederação
Internacional do Homossexualismo Cristão, menores sedutoras,
sedutores de menores, legalização das drogas, movimento estranho
na vizinhança, adoradores de beterraba, orgias no andar de cima,
bacanais no andar de baixo, mosquitos invisiveis,
maníacos-depressivos e armados, baianos elétricos, gaúchos radiativos,
Febre amarela agora com várias cores, voodoo, magia negra,
macumba, hexacloreto de coentro, jornais sem revisão, semanários
sem censura, programação sem vergonha, virgens profissionais,
beijos na boca e boquetes, nuvens de baratas paraguaias, mulatos
liberais, barbudos analfabetos, o bafáfá , o bbb, Confederação
Internacional dos ratos de Sacristia, vôos sem itineário, batedores de
mulheres, saudade dos batedores de carteira, velhinhos nazistas
fugitivos, alcoólicos anônimos, alcoólotras famosos, granadas
extraviadas, extra-viados, petroleiros com um milhão de toneladas,
Conclave de estupradores de domésticas, antropólogos comendo
indias, outros sendo comido por índios, trocadilhistas, donas-de-casa
analfabetas virando emancipadas, violação de e-mails, velhotas com
topless, entrevistas com jogadores de futebol, terapia de grupo,sexo grupal....

*********************************************

sábado, 24 de março de 2007


O ROCK VIVE
The Strokes é uma banda de rock Indie dos Estados Unidos da América formada em Nova Iorque. Foram, os responsáveis pela grande onda de revitalização do rock, que teve início em 1º de Janeiro de 1999.
The Strokes se formaram ainda quando eram jovens, com a maioria dos membros ligados, de alguma maneira, ao vocalista e compositor
Julian Casablancas. O baixista Nikolai Fraiture e Casablancas são amigos desde a infância. O guitarrista Nick Valensi e o baterista Fabrizio Moretti começaram a tocar juntos quando ambos estudavam na Escola Dwight em Manhattan. Anos mais tarde, Casablancas se encontrou com Hammond Jr. nas ruas de Nova York. Coincidentemente, ambos viviam em apartamentos na mesma rua, um de frente para o outro, Hammond estava em Nova York para estudar na NYU. Albert e Julian passaram a dividir um apartamento e, em 1999, eles se juntaram a Nikolai Fraiture, Nick Valensi e Fabrizio Moretti e formaram a banda The Strokes. A popularidade do grupo cresceu rapidamente, especialmente na região de Lower East Side em Manhattan. Eles começaram, então, a se apresentar no Mercury Lounge, onde Ryan Gentles era um dos agendadores de show. Gentles ficou tão impressionado pela banda que passou a ser seu produtor. The Strokes passaram a se dedicar a ensaios, resultando numa lista de 10 a 12 músicas, entre elas "Last Nite", "Modern Age", "This Life" (atualmente chamada de "Trying Your Luck"), "New York City Cops", "Soma", "Someday" entre outras. A maioria dessas músicas adquiriram novas letras.
The Modern Age (EP) foi lançado em 2001 e acarretou em uma guerra de interesses entre gravadoras pela maior banda de "Rock and Roll" em anos. Posteriormente, The Strokes foram bastante divulgados, causando uma divisão entre os seguidores do Rock e revistas independentes: procurava-se saber se eles eram realmente os salvadores do Rock ou um punhado de jovens ricos com nomes legais e cópia do
Velvet Underground. The Strokes lançaram somente tres discos: Is This it em 2001, Room on fire em 2003 e First Impressions of Earth em 2006. Pró cenário atual, já fizeram muito.

terça-feira, 20 de março de 2007

A REPÚBLICA DA SOJA
O Deputado Odílio Balbinotti ( PMDB-PR ) indicado para Ministro da Agricultura,caiu antes de assumir. Ele é um dos maiores produtores de Soja do País, mas não foi por causa disso que ele foi deletado. É recordista em faltas nas sessões da câmara, mas não foi esta a causa. Nomeou parentes para o gabinete, isso é normal. Descobriu-se que o dito cujo responde processo no Supremo Tribunal ou coisa que o valha, por crimes de falsidade ideológica e falsificação de documentos. Aí ninguém agüenta. Mas como todo mundo que responde processos no Supremo, ele reclama de armação política. E se declara inocente. Ufa.!..Ainda bem.



domingo, 18 de março de 2007


Cruzes na praia. Para lembrar aos que fingem que tudo está bem sob o céu. Mas só sob o céu. 700 cruzes e ainda não chega. Melhor ainda se fossem fincadas no Reveillon, quando milhares comemoram a sorte de não terem sido atingidos pela bala da vez. Comemoram as cinzas do novo aeon da cidade maravilhosa, enquanto crianças morrem sem saber porquê.


PRAIA DE COPACABANA,MARÇO DE 2006

sexta-feira, 16 de março de 2007

D.ZEZÉ E OS GADGETS


Da infância só lembramos as coisas boas. A minha foi boa, mesmo sem iogurte, video-game ou televisão. Falando nisso, onde anda Dona Zezé...?

Em 1964, (ou seria 1966?) nós conhecíamos dois lugares onde havia televisão, ambos de difícil acesso. No bairro pobre do Monte Picú, nos arredores de Fortaleza ,só uma casa ostentava essa maravilha na sala, e por motivos de perda de privacidade os donos tinham resolvido barrar a entrada da meninada. Nós, inclusive. Eu e minha turma formada pelos meus vizinhos Chiquim e Fransquim, além da Cleide, que aparecia de vez em quando, escondida, porque não ficava bem meninas brincar com meninos. Por um tempo os donos da casa com televisão até que tentaram franquear a entrada da molecada para ver o Zorro, mas desistiram depois de descobrirem que era impossível na hora do jantar comer alguma coisa com mais de vinte pares de olhos famintos olhando para eles. A outra TV era pública e ficava longe, na praça de outro bairro, conhecido como “fuloresta”. A primeira vez que fui na tal praça com meu primo “de maior”, o Manuel, a caminhada de três léguas e o público mal-educado me deixaram com terrível impressão. Dois policiais da Guarda municipal, especialmente designados para guarnecer o armário de concreto onde ficava a maravilha e manter a ordem no local, ligavam a TV ás quatro da tarde quando começava a programação e com o sol à pino não dava pra ver muita coisa no preto e branco da tela. Mesmo quem chegava cedo. Uma multidão já havia ocupado a área VIP munido de bancos,cadeiras de palha e tamboretes. Um movimento tipo avalanche começou no primeiro intervalo e não houve policia que desse jeito na onda que espalhou os bancos, tamboretes e gente pra todo lado, misturando crianças, bêbados e vendedores de refresco.
De qualquer forma, ainda era uma geração sem o vício da telinha. O que a gente gostava mesmo era de correr embaixo das mangueiras e cajueiros no quintal infinito da D. Rosa, se lambuzando de comer manga até cansar. E estávamos praticando nossa dieta favorita no dia em que a Cleide apareceu para nos contar em primeira mão, que sua mãe comprara um liqui-não-sei-o-que. Cleide era meio metida a besta porque a sua casa era uma das poucas na nossa rua que tinha energia elétrica, visto que seu pai tinha um bom emprego como chefe dos contínuos no Banco do Brasil. Estava tentando explicar com mais detalhes a novidade quando ouvimos o barulho de um motor, o que nos fez largar tudo e correr para pegar o caminhão antes que este fosse embora, posto que era uma raridade aparecer um pra gente se pendurar até a esquina onde ficava o boteco do seu Joaquim. O caminhão estava lá parado mas, vendo a multidão que se formara na porta da Dona zezé nos pareceu que havia algo mais importante acontecendo. Tinha mais gente do que no dia que “Zé Oím”, depois cognominado “robô”, caiu do cavalo em cima de uma raiz do cajueiro em frente a minha casa e se quebrou em dez pedaços . Deu tempo de ver o empregado da loja pegar a caixa com um tremendo esforço e caminhar com dificuldade entre a turba que o seguiu até a cozinha, onde colocou, num local previamente preparado, o objeto de primeira (ou última?) geração. Eu e a turma nos esgueiramos curiosos por baixo das pernas dos adultos para ouvir o que o empregado estava falando. Explicava rapidamente o funcionamento do trombolho e, olhando para a meninada ao redor, deu a recomendação de que crianças não podiam ficar muito por perto do bicho ligado, pois poderiam ser sugadas pela força centrífuga se o mesmo estivesse sem tampa.
Dona zezé quis incontinenti testar seu liquidificador com leite e bananas para os convidados e curiosos e segurou com pose de modelo a chave de liga e desliga,que mais me pareceu uma alavanca de trem. Enquanto as crianças eram afastadas, pediram para fazer silêncio e isso tornou a coisa tão melodramática que ao primeiro berro que saiu das hélices do copázio de metal, metade da audiência vazou porta afora apavorada levando tudo que havia pela frente até a rua e se metade ficou, foi petrificada de medo com o barulho que parecia vir das profundas.
D. Zezé, uma mulher à frente do seu tempo, tratou de acalmar a todos distribuindo logo a bananada para os que tinham ficado e todos gostaram tanto que pareciam estar à vontade, fazendo piadas com os que estavam de volta da rua meio constrangidos.
Mas só no dia seguinte D.Zezé pôde ver a encrenca que estava por vir, ao ver a fila que se formava na sua porta cada vez mais longa. Toda gente conhecida do bairro apareceu querendo fazer suas experiências e misturas, carregando bananas, abacate, mangas e até jaca, triturada com caroços e tudo, o que não agradou muito porque o resultado ficou com gosto de “Emulsão Scott”. O liquidificador caiu no gosto popular, apesar das maldições do Velho “seu” Gerardo, que dizia que aquele barulho era coisa do Demo. Mas, para felicidade da D.Zezé foi um sucesso passageiro. A freqüência foi diminuindo pouco a pouco depois que comadre Cecília, que não cozinhava mais pra ninguém, descobriu que os dois baldes de bananada que sua trupe bebia no almoço e jantar além do lanche, deixara todos empazinados, cheios de bananas até os ouvidos, e ninguém conseguia evacuar porquê todos sabem que banana prende. Já com Dona Geralda aconteceu o contrário, seu pessoal preferia mamão ao leite.
Um belo dia a procura pelo eletro-doméstico cessou de vez. O gadget havia se tornado banal, porque em qualquer lugar do planeta, só nos interessam as novidades. D.Zezé pôde enfim suspirar aliviada, mas por pouco tempo. Ela planejava agora comprar uma televisão.

domingo, 11 de março de 2007




A Senhora aí do lado é uma sacerdotisa, talvez uma bruxa, mas tem voz de fada. Poucos têem o prazer de ouvi-la, só os que procuram, nos bosques, no mar ou no vento. Gosto de ouvir Simphony in Blue para sonhar, obrigado pela música. O nome dela é Kate Bush. Não espere ouvir no rádio. Wuthering Heights está fazendo trinta anos, data comemorada pelos adeptos da fada. Só conheço um cara que ouve Kate, o Roberto Verissimo, o resto curte funk.

domingo, 4 de março de 2007


MÚSICA & Cia.
Os anos 60/70,foram os anos de ouro da música em todo mundo. Os anos 80 foram como fim de festa, e nos 90 começou a repetição que dura até hoje. Também não há mais nada a ser criado, tudo que tinha que ser feito já foi feito ( All we need is Love).Tudo que tinha que ser falado já foi falado (Loteria da Babilônia). Qualquer música feita hoje vai ter alguma influência , sem falar nos verdadeiros plágios, dos anos de ouro. Principalmente no Rock e no Pop.A geração que viveu esse auge tinha música de qualidade com fartura e essa música influenciou as mudanças que aconteceram no mundo de maneira radical. Como foi mostrado no filme Quase Famosos, ambientado nos anos 70, os discos eram armas poderosas para se descobrir como viver e enfrentar o mundo. Eu tenho alguns na minha vida, mas o mais importante está fazendo 33 anos, foi GITA do Raul Seixas. Foi uma abertura na minha porta de percepção, foi a descoberta do que eu não sabia e do que ainda não sei. Às vezes eu tenho pena de quem não viveu nessa faixa de tempo.
AGUA VIVA
No disco GITA a música AGUA VIVA fala de modo sublime do liquido maravilhoso que deveria ser sagrado. O liquido que mantém vivos todos os seres da terra, e que é aviltado, desprezado, poluído pelo homem através dos séculos. As fontes que descem dos montes estão pouco a pouco secando e a civilização humana continua seu caminho de auto-destruição, mesmo descobrindo já um pouco tarde que é responsável pelo aquecimento da terra. Só uma civilização irracional não toma cuidados com a principal fonte da vida, que regam céus, infernos, regam gente, ainda que seja de noite.

domingo, 25 de fevereiro de 2007






O ÚLTIMO REI DA ESCÓCIA

O Ganhador do Oscar de melhor ator, Forest Whitaker... bem, a Festa do Oscar começa daqui a algumas horas, mas se não der Whitaker,vou começar a desconfiar da premiação. Na verdade ninguem reparou muito na carreira de Forest, embora tenha uma longa folha de serviços, quase sempre coadjuvante. Como não é um galã não tem nem fã-clube. Mas agora o papel foi feito sob medida prá ele. Olha a Filmografia:


  • 2007 - Vantage point2007 - Air I breathe, The
  • 2006 - Ripple effect2006 - Everyone's hero (voz)
  • 2006 - O último rei da Escócia (Last king of Scotland, The)
  • 2006 - Marsh, The2006 - A última aposta (Even money)2005 - Maria (Mary)
  • 2005 - Pesadelo americano (American gun)
  • 2005 - Jump shot2005 - A little trip to heaven
  • 2004 - A filha do presidente (First daughter) (voz)
  • 2003 - Deacons for defense (TV)
  • 2002 - Por um fio (Phone booth)
  • 2002 - O quarto do pânico (Panic room, The)
  • 2001 - Feast of all saints (TV)
  • 2001 - O quarto anjo (Fourth angel, The)
  • 2001 - Intimate portrait: Lela Rochon
  • 2001 - Follow, The
  • 2001 - Green dragon
  • 2000 - A reconquista (Battlefield: Earth)
  • 2000 - American storytellers
  • 1999 - Proteção à testemunha (Witness protection) (TV)
  • 1999 - Light it up1999 - Ghost Dog (Ghost Dog: The way of the samurai)
  • 1999 - Na mira do inimigo (Four dogs playing poker)
  • 1998 - Split, The1997 - A arte de um crime (Body count)
  • 1996 - Doping (Rebound: The Legend of Earl "The Goat" Manigault) (TV)
  • 1996 - Fenômeno (Phenomenon)
  • 1995 - A experiência (Species)
  • 1995 - Cortina de fumaça (Smoke)
  • 1994 - Contagem regressiva (Blown away)
  • 1994 - Ninho de cobras (Enemy within, The) (TV)
  • 1994 - A face da verdade (Jason's lyric)
  • 1994 - Prêt-à-porter (Prêt-à-porter)
  • 1993 - Punido ao extremo (Last light) (TV)
  • 1993 - Os invasores de corpos - A invasão continua (Body snatchers)
  • 1993 - Romance arriscado (Bank robber)
  • 1993 - Vida boêmia (Lush life) (TV)
  • 1992 - Traídos pelo desejo (Crying game, The)
  • 1992 - Hospital de heróis (Article 99)
  • 1992 - Jogos de adultos (Consenting adults)
  • 1991 - Dominada pelo medo (Diary of a hitman)
  • 1991 - Perigosamente Harlem (A rage in Harlem)
  • 1990 - Os bastidores da justiça (Criminal justice) (TV)
  • 1990 - Os quase tiras (Downtown)
  • 1989 - Um rosto sem passado (Johnny Handsome)
  • 1988 - O grande dragão branco (Bloodsport)
  • 1988 - Bird (Bird)1987 - Tocaia (Stakeout)
  • 1987 - Nas mãos de um maníaco (Hands of a stranger) (TV)
  • 1987 - Bom dia, Vietnã (Good morning, Vietnam)
  • 1986 - Platoon (Platoon)1986 - A cor do dinheiro (Color of money, The)
  • 1985 - Em busca da vitória (Vision quest)
  • 1982 - Picardias estudantis (Fast times at Ridgemont High)
  • 1982 - Tag: The assassination game

    Prêmios :

  • - Recebeu a indicação ao Oscar de Melhor Ator, por "O Último Rei da Escócia" (2006).

  • - Ganhou o Globo de Ouro de Melhor Ator - " (2006). por "O Último Rei da Escócia".

  • - Ganhou o BAFTA de Melhor Ator, por "O Último Rei da Escócia" (2006).

  • - Ganhou o prêmio de Melhor Ator no Festival de Cannes, por "Bird" (1988).

  • - Recebeu uma indicação ao Framboesa de Ouro de Pior Ator Coadjuvante, por "A Reconquista" (2000).

terça-feira, 20 de fevereiro de 2007

Através dos Séculos, filósofos da antiguidade como Zenão, Epicuro, Sócrates e outros, tão desconhecidos pela grande patuléia quanto estes, guiaram a humanidade com seus ensinamentos, que ensinavam com simplicidade, cada um a seu modo, uma forma de viver melhor e sem traumas. Para conhecimento geral, O CLUBE DOS GÊNIOS pesquisou algumas correntes filosóficas Brasileiras usadas atualmente, e mostra um pequeno perfil dos seus criadores. Genuinamente Brasileiros, é claro. Para vocês....

A GALERIA DOS FILÓSOFOS GENUINAMENTE BRASILEIROS


ROBÉRIO JUSTUS
Pai da Impunidade. Embora analfabeto de pai e mãe, formou-se em
Advocacia por correspondência e defendeu a idéia de que todo ser
humano que cometesse um crime, Independente de raça,credo ou côr,
teria direito a ampla defesa, desde que pudesse pagar um bom advogado.
Eleito Presidente da câmara de vereadores da sua cidade,criou a
imunidade parlamentar para si e seus pares. Inspirado por idéias liberais
vindas da Europa, que apregoavam que “A vida Começa aos quarenta,”
lutou para que a idade penal dos menores subisse para trinta e nove anos.

BAHIANUS
Contemporâneo de Sôneca,levou os ensinamentos do mestre à extremos.
Achando que pular no carnaval baiano era para turistas, não saia de sua rêde
nem quando desfilava em cima de Trio-elétrico. Defendia o ócio e a lazeira
Humana. Dizia que se o trabalho deixa o homem cansado, boa coisa não devia ser.
Embora não tendo lido nenhum livro durante toda vida, destacou-se por usar
Palavras exóticas encontradas num Aurélius e formar frases intraduzíveis até hoje
.

RABELOWISK
Defensor do Oportunismo, cria que os homens do senado e da
côrte imperial não poderiam se concentrar em seus trabalhos,
se ficassem preocupados com dinheiro. Por isso apoiou a criação
de projeto com aumento de cem por cento no inicio de cada
legislatura. Conseguiu a aprovação reunindo os líderes numa
conferência por telégrafo, Mas, mal compreendido pelo povo,
teve que recuar e esperar o carnaval chegar.
Oportunista costumaz, esperou a choldra cair na folia para pôr
seu projeto em votação urgente, urgentíssima.

MALUFÉSTELES
Seguidor de Pilantrus. Demagogo inveterado, criou
várias pérolas de retórica que servem até hoje de
referência para o comportamento humano. Contrário
ao Atomismo, que dizia que tudo que existe é Composto
de elementos indivisíveis, os átomos, provou que com
algumas obras pode se dividir as verbas destas
infinitésimamente. Comprovou a tese, sumindo com
duzentos milhões num átimo.

PILANTRUS
Contrário ao estoicismo,deixou o legado do poder do não-esforço.
Foi discípulo de Escrotus, para quem o trabalho devia ser somente
para os otários. Escritor e escroque de primeira linha, escreveu o
livro "Como vencer com a ajuda dos outros", que ensinava como
criar a cada dia um novo tipo de golpe. É considerado um pensador
moderno, até para os leitores de hoje.


SÔNECA
Filósofo Baiano do período cabralístico, defendia o
Bel-prazer. Isso fez com que sua doutrina fosse confun-
dida com a vagabundagem. Mas o ócio pregado por Sôneca
era apenas a quietitude da mente e o restabelecimento do
corpo fatigado, que conseguia deitado numa rêde pelo resto
do ano,após pular pipoca três semanas seguidas no bloco
do ylê-ayê,

OBINUS

Seguidor do Simplismo, embora nunca tenha ouvido
falar em Plutarco. Defendia um único texto nas respostas
para qualquer pergunta à jogadores de futebol. Para ele,

Repetir as mesmas frases deixava o jogador mais “focado”
na partida e economizava energia, que era canalizada para
as quatro linhas.O simplismo é uma versão diversionista do
Dadaísmo,criado por Dadá maravilha,que pregava a líber-
dade de espreção.
MUNDO FASHION
Não sei de nada e não quero saber do mundo fashion. Além das modelos lindas com passo de...não sei porque andam daquele jeito, nada é acrescentado às necessidades humanas.Por isso não entendi as gozações com a blusa do técnico da seleção Brasileira, o Dunga, se ele está bebendo da mesma fonte. Usando uma blusa Fashion. Diferente... mas falando sério... alguém já descobriu que diabos é aquilo?

ESCÂNDALOS 2007
Será que mais alguém está fazendo bolão para advinhar quais os escândalos que irão sacudir o Brasil em 2007? Acho que ninguém, mas falando em bolão,lembrei das loterias. Vendo as filas Kilométricas ,cada vez que acumulam ,aliás toda semana, não sei como confiam em sorteio que ninguém sabe como e onde é realizado. Deveria ser ao vivo pela Tv e a pequena fatia destinada ao prêmio, ser paga a quem faz mais pontos.Chega de acumuladas, chega de meter a mão na esperança alheia. Mas voltando aos escândalos, o que acontecerá em 2007?

MOLDURA SOCIAL
As autoridades (e especialistas) não mudam o discurso. Após a morte do menino barbaramente arrastado pelas ruas do RJ e ante a indignação e revolta da Sociedade ,se apressaram a dizer dois chavões usados há tempos nestas situações: Não se pode tomar decisões nos momentos de comoção ou revolta e, baixar a idade penal não resolve o problema. Eu entendi que a Desintegração social vai continuar. Direi melhor,a chapa vai derreter. Eu, ou nós, não estamos num momento de tensão ou revolta, nós estamos em estado de revolta permanente, ou já esqueceram que há poucos meses incendiaram um carro com uma criança dentro? Baixar a idade penal realmente não vai resolver, doutores da lei. Eu,ou nós, queremos uma mudança na constituição, no código penal, fim da impunidade e punições severas para todos os homens e mulheres que, concientemente, cometam crimes, hediondos ou não.Crimes que nos deixam meio mortos, que nos deixam cada vez mais violentos.
ABERTURA

O Visão BLOGika quase não começou.Passei muito tempo sem vontade de escrever.Prá quê?
Não existe Lógica neste País e não tem graça ridicularizá-lo. A maioria das pessoas continuam festejando o Reveillon como se estivessem em Londres e o País se prepara em Pêso para o começo do Carnaval. Mas quando ônibus ardem em fogo com passageiros e tudo, e agora, depois de mais uma barbárie cometida pelos monstros criados à sombra do regime político atual, que ainda não atinei qual é, acho que é preciso escrever sobre outra visão, uma revisada nos fatos que estão nos jornais, na mídia, uma opinião diferente daqueles que estão “nos tronos de marfim”. Eu pretendia escrever sobre as coisas ilógicas que assolam o País, de modo irreverente, satírico, mas não dá. À cada dia me tiram mais e mais do sério. Não sei como alguém ainda é feliz e se sente seguro nesta terra sem lei,sem autoridade, sem rumo. A não ser os Políticos, os especialistas e os famosos. Estas castas estão bem...por enquanto.

A PROGRAMAÇÃO NOBRE
Eu juro que não queria Falar nada sobre o BBB, é melhor ignorá-lo, pensei. O máximo que poderia falar era sobre uma sugestão de fazer um teste de QI com os heróis do Bial antes de cada versão do Programa.E além disso não se pode comentar o que não se vê. Mas tenho que falar: fiquei agradavelmente surpreso depois de ler e ouvir muita gente boa revoltados com o Reality Show. Um filme pornô é mais honesto, pelo menos seus diálogos são curtos.

CLUBE DOS GÊNIOS
O Clube dos Gênios, do qual sou membro-honorário, é quase uma sociedade secreta.Tão secreta que ninguém sabe se existe realmente. É bom que se esclareça logo que é fácil ser gênio no Brasil. Basta ler um pouco sobre tudo e usar um pouco da nossa parca inteligência para entender o que foi lido. Isso aplicado no nosso meio saturado de besteirol, parece mágica. O gênio se destaca por não precisar de conselhos de especialistas, como aquele ouvido numa emissora que adora especialistas, no final do ano, ensinando como não perder os filhos na praia de Copacabana, durante a queima de fogos, ou antes. Reconheço que os membros do Clube dos Gênios são especialistas em ver erros nos mais tapados, principalmente em políticos, jogadores de futebol, famosos da TV e especialistas “óbvios”. Ninguem é perfeito...