Translate

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

IF I FEEL

video
                                         
         ACROSS THE UNIVERSEIF I FEELBEATLES

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

DE NIRO MOMENTS

video

ROBERT DE NIRO - THE BEST

Robert De Niro


Nome: Robert Mario De Niro Jr.
natural de: Nova York, EUA
nascimento: 17/08/1943





Filmografia (de 1968 a 2010)

2010 - Homens em Fúria (Stone)
2010 - Machete (Machete)
2010 - Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família (Little Fockers)
2009 - Estão Todos Bem (Everybody's Fine)
2008 - As Duas Faces da Lei (Righteous Kill)
2007 - Stardust - O Mistério da Estrela (Stardust)
2006 - Arthur e os Minimoys (Arthur et les Minimoys)
2006 - O Bom Pastor (The Good Shepherd)
2005 - O Amigo Oculto (Hide and Seek)
2004 - Entrando Numa Fria Maior Ainda (Meet the Fockers)
2004 - A Ponte de San Luis Rey (The Bridge of San Luis Rey)
2004 - O Espanta Tubarões (Shark Tale)
2004 - O Enviado (Godsend)
2004 - Chaos
2002 - A Máfia Volta ao Divã (Analyze That)
2002 - Showtime (Showtime)
2002 - O Último Suspeito (City by the Sea)
2001 - A Cartada Final (The Score)
2001 - 15 Minutos (15 Minutes)
2000 - Homens de Honra (Men of Honor)
2000 - Entrando Numa Fria (Meet the Parents)
1999 - Máfia no Divã (Analyze This)
1999 - Ninguém é Perfeito (Flawless)
1998 - Ronin (Ronin)
1998 - Grandes Esperanças (Great Expectations)
1997 - Jackie Brown (Jackie Brown)
1997 - Mera Coincidência (Wag the Dog)
1997 - Cop Land (Cop Land)
1996 - Sleepers - A Vingança Adormecida (Sleepers)
1996 - As filhas de Marvin (Marvin's room)
1996 - Estranha obsessão (Fan, The)
1995 - Fogo Contra Fogo (Heat)
1995 - Cassino (Casino)
1995 - As cento e uma noites (Les cent et une nuits)
1994 - Frankenstein de Mary Shelley (Mary Shelley's Frankenstein)
1993 - Desafio no Bronx (A Bronx tale)
1993 - Uma mulher para dois (Mad Dog and the glory)
1993 - Despertar de um Homem (This Boy's Life)
1992 - A Amante (Mistress)
1992 - Sombras do mal (Night and the city)
1991 - Cortina de Fogo (Backdraft)
1991 - Cabo do Medo (Cape Fear)
1991 - Culpado por suspeita (Guilty by suspicious)
1990 - Stanley & Iris (Stanley & Iris)
1990 - Tempo de Despertar (Awakenings)
1990 - Os Bons Companheiros (Goodfellas)
1989 - Jacknife (Jacknife)
1989 - Não somos anjos (We're no angels)
1988 - Noite (Midnight run)
1987 - Os Intocáveis (The Untouchables)
1987 - Coração Satânico (Angel Heart)
1986 - A Missão (The Mission)
1985 - Brazil, o Filme (Brazil)
1984 - Amor à primeira vista (Falling in love)
1984 - Era uma Vez na América (Once Upon a Time in America)
1982 - O Rei da Comédia (The King of Comedy)
1981 - Confissões verdadeiras (True confessions)
1980 - Touro Indomável (Raging Bull)
1978 - atirador (Deer Hunter, The)
1977 - New York, New York (New York, New York)
1976 - 1900 (1900)
1976 - Taxi Driver - Motorista de Táxi (Taxi Driver)
1976 - O Último Magnata (The Last Tycoon)
1975 - O Poderoso Chefão 2 (Part II)
1973 - Caminhos Perigosos (Mean Streets)
1973 - A última batalha de um jogador (Bang the drum slowly)
1971 - Born to win
1971 - Quase, Quase uma Máfia (The Gang that Couldn't Shoot Straight)
1971 - Jennifer on my mind
1970 - Hi, Mom! (Hi, Mom!)
1969 - A Cobrança (The Swap)
1969 - Festa de casamento (Wedding party, The)
1968 - Quem anda cantando nossas mulheres (Greetings)


terça-feira, 28 de dezembro de 2010

ALICE COOPER

video
O nem sempre lembrado ALICE COOPER é um dos meus ídolos nos anos 70,quando o Rock estava no auge a caminho do fim. Gosto de todos os álbuns desta década, e de infinitas músicas do meu set-list como Elected,Be my lover,No more Mr.Nice guy,escape, guilty, I'm eighteen, Caught in a dream,Under my wheels...  
Vicent Furnier em 1969, montou o Alice Cooper juntamente com Mike Bruce e Glen Buxton (guitarras), Dennis Dunaway (baixo) e Neil Smith (bateria). A carreira do grupo começou a decolar com a grande ajuda do produtor Bob Ezrin. Alice, bem auxiliado pelo produtor, começa a partir do álbum Killer (com be my lover), em 71.O sucesso definitivo chegou com os clássicos Love It to Death (1971) (Da música I'm eighteen) e mais ainda com School's Out (1972) ,( que trazia a música Alma mater) seguidos por Billion Dollar Babies (1973) (do clássico No more mr.Nice guy).
Alice Cooper, apesar da performance no palco, e do som quase sempre pesado, fazia músicas com letras bem suaves e as vezes românticas, o que acabou no final resultando em  baladas como I Never cry e You and Me, nada que atrapalhe o curriculo do rapaz que fez Punk-rock quase dez anos antes dos Sex Pistols.
Para matar saudades e para quem não conhece, ALICE COOPER berrando BE MY LOVER. Soberbo.
(Desligue o player da página)

video

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

STRANGE CLOUD IN MOSKOVO


video
O Que será, Silvia?

A CRUZ













ESTAR A LER DOS BLOGS

DO BLOG PORTUGUÊS "FUI AO MONTE BUSCAR PINHAS VIM DE LÁ COM UM GARRAFÃO" (MUITO ORIGINAL,NÃO?)

Domingo, Dezembro 12, 2010

TIPO
Eu não tenho nada contra a cultura musical brasileira, até gosto de algumas coisas. Eu abolia estes brasileiros que vem para a nossa televisão cantar. Este que por cá aparecem são, va lá, aaaaa uma MERDA...
Para alem de ser tudo a mesma coisa, estão a tirar "espaço" aos artistas portugueses com muito mais qualidade.
Eu aposto que na TV brasileira não passa um único musico português!
Eu "acaba" com eles cá também.
 
E não é que ele tem razão?

DESAFIOS? QUE DESAFIOS?

Neste final do ano de 2010, o assunto mais comentado na Mídia em geral é sem dúvida o fim do governo Lula e pegando carona no populismo do quase ex-presidente, a musa do PAC e seus possiveis desafios,que segundo os analistas politicos, serão gigantescos.Eu que não sou cientista politico e já desisti há muito de me preocupar com a politica Brasileira, fico pasmo com a discussão que aborda fins sem se preocupar com os meios, como se a futura presidenta Dilma tivesse alguma intenção de enfrentar algum desafio.
Se Lula no alto de sua fama de salvador da pátria em 8 anos achou mais fácil descambar para o populismo de retorno mais imediato e não quis enfrentar a força de buraco negro de um sistema que não tem como desfazer, que esperar de Dilma Roussef?
Cada povo tem o governo que merece, merece virar um ditado popular. O Povo Brasileiro já deixou claro que precisa de um guia,ninguém vai fazer nada para ajudar o pais crescer ou melhorar nossa qualidade de vida.Ninguem quer mudanças,é melhor ficar como está do que correr o risco de piorar.Mas os desafios continuarão sem enfrentamento,seja qual for o presidente, seja qual for o partido no poder.Os desafios brasileiros são os mesmos há décadas e não há indicações de que alguém vá tentar resolve-los na próxima. O que o governo que sai não fez ou foi impedido de fazer como as reformas política e tributária não vão ser feitas no governo que entra porque todos já sabem ou deveriam saber que isto depende de vontade política e pressão popular,coisas inexistentes no país atualmente. Algumas criticas foram sussurradas por conta do novo aumento dos parlamentares, em breve alguns xingamentos voltarão a ecoar quando for criada a nova CPMF e só.E não será para beneficio do povo a criação do novo imposto, todos sabem, é para manter o equilíbrio da dívida interna, os gastos da maquina do governo. Afinal a corrupção desvia um montante incalculável de dinheiro, e que se dane a educação, a saúde e a infra-estrutura do país.
Vamos continuar divididos em duas castas: os que monopolizam o dinheiro e os que recebem salários, apesar da pesada carga tributária vamos continuar sendo mal atendidos em nossas instituições. Quem precisou de algum serviço público, na prefeitura, nos hospitais ou foi tirar seu passaporte na policia federal não ficou certamente satisfeito com o atendimento,e tudo deve continuar do mesmo jeito.
O Governo Brasileiro é hoje uma figura decorativa que não precisa fazer nada a não ser falar o que a plebe gosta de ouvir. Só com isso já tem 50% de aprovação.
Os desafios são reais e já são crônicos, não é preciso ser especialista para saber que falta incentivo á educação, reforma na política e cadeia para os corruptos, para começar.
Enquanto isso seria bom a intelectualidade Brasileira parar de criticar a China, a Venezuela e o Irã. Afinal, cada povo tem o governo que quer.

WOLF GANG - The King and all of his men

video
You took her soul, so incomplete
Why don't you stop fighting me?
You're in control,
So why should you be...
 fightin me?

Fighting me..

domingo, 26 de dezembro de 2010

COME "O BECO" AGAIN

video
Para Lúcia, Franzé, Elias, Rogerio,Quintella, Joany, Aglais, Gavião, Firmino e todos os que frequentaram  o  "O Beco"  no auge da sua fama.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

INCONTROLÁVEL FILME

















INCONTROLÁVEL  (Unstoppable) é um filme que todo mundo já imagina como vai ser o enredo e advinha o final, mas em cinema quem dá as cartas é o diretor e depois o gosto pessoal do espectador. Como produto de cinema,que é basicamente entretenimento, o filme sobre um trem desgovernado em alta velocidade, com vagões cheios de carga tóxica e que ameaça tombar na proxima curva  mais acentuada dá margem para uma enxurrada de clichês e os mais conhecidos desde a invenção da sétima arte. Mas e dai? cansado de tantas invenções nos últimos anos,com dramas sem final, o filminho cumpre o seu papel e até chega a emocionar os mais incautos como os filmes dos anos 80.
A única grande surpresa prá mim, foi que eu pensei que os dois motorneiros, herois da trama,estavam no trem-vilão. Não estão.  
Com um Denzel Washington descontraido e bem humorado, coisa rara, e saindo do automático dos últimos filmes, acompanhado pelo ator Chris Pine no razoável,  a trama embarca todo mundo no trem dos heróis, meio datados mas mesmo assim,convincentes ,até porque o filme é baseado em um fato real.
Mesmo previsivel foi interessante notar que o diretor preferiu não resvalar para o exagero  dos efeitos nas situações perigosas e limou inteligentemente as cenas que poderiam deixar angustiados os nervosos de plantão, tornando o filme mais acelerado,sem trocadilho, please.

BEST FAIL 2010

video
O ano ainda não acabou, mas já escolhi meu "best fail" a famosa videocassetada.
entre tantas sem graça,eu rí muito com esta. RIDING BYCICLE FAIL.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

LANTERNA VERDE - HISTÓRIA

“No dia mais claro. Na noite mais densa,
O mal sucumbirá Ante à minha presença,
Da lanterna vem o dom da paz,
Para disseminar a luz Que a justiça traz.
Quem quer o mal tudo perde,
Ante ao poder do Lanterna Verde”


Há um lugar sombrio do multiverso conhecido como universo de antimatéria. Assim como Oa é o centro do universo, o planeta Qward – um mundo desolado ocupado pelas forças da Tropa Sinestro – é o centro do universo de antimatéria.
O Lanterna Verde atual foi lançado nos quadrinhos da década de 60, e também é conhecido como "O Lanterna Verde da Era de Prata". Sua identidade era a de Hal Jordan, membro fundador da Liga da Justiça da América. Toda a história você pode ler na Wikipédia, mas para esperar o filme sabendo alguma coisa a mais vamos falar dos aspectos mais interessantes sobre o Lanterna ou Lanternas, pois são vários. Cada um possuiu um anel que lhes dá um grande controle sobre o mundo físico, criando objetos plasmados complexos de acordo com a mente de seu portador, limitado apenas por duas coisas: a imaginação do lanterna verde e (antigamente) pela cor amarela, onde o anel não surtia efeito algum (problema causado por uma impureza na fonte original que gerou os anéis). Problema já corrigido, ainda bem.
Os anéis foram confeccionados pelos Guardiões do Universo, seres extremamente antigos e poderosos, que têm a missão de zelar pela manutenção da paz intergaláctica. O poder do anel provém da bateria energética do planeta OA, lar dos guardiões, que fica no centro do universo.Nos últimos vinte anos, a DC colocou diferentes indivíduos no papel de Lanterna Verde: (Guy Gardner, John Stewart e Kyle Rayner),  Mas em 2005, depois de um período como  Parallax , o vilão do filme,  Jordan voltou a ser o Lanterna Verde. O filme aborda o período em que um dos Lanternas, Sinestro se tornou um  renegado, e foi banido para o universo de antimatéria de Qward pelos Guardiões de Oa. Quando voltou à nossa dimensão, ele manuseava um anel energético que usava energia  amarela. Depois de muitos confrontos com o lanterna verde Hal Jordan, ele também foi aprisionado dentro da Bateria Central. Lá, ele foi capaz de usar seu anel – que utiliza o medo, ao invés da força de vontade, como fonte de poder – para despertar Parallax de sua hibernação. A entidade Parallax,como todos sabem, (rs rs rs) é um parasita espacial que é a personificação do medo.  Com o passar do tempo, Parallax ficou conhecido como a impureza amarela – a causa da fraqueza dos lanternas verdes.A partir de então, o parasita e Sinestro puderam influenciar as atitudes de Hal Jordan e provocar a derrocada da Tropa dos Lanternas Verdes, em eventos como "A Guerra dos anéis", famosa série no mundo todo,exceto nos países onde não prepondera o poderoso hábito de ler.

RYAN REYNOLDS  É  O  LANTERNA VERDE

Por falar em leitura, o Lanterna verde não é bem conhecido no Brasil por culpa da já longa  falta de mercado para quadrinhos no país e por ser um personagem da DC Comics. Com um conteúdo semelhante aos heróis da Marvel ele era um super-herói a frente do seu tempo, eclipsado na liga da Justiça por figuras como  Gavião Negro, Arqueiro Verde e Batman, entre outros. 
A propósito, nas décadas de 60 e 70 era comum as crianças se iniciarem no hábito da leitura através dos quadrinhos, o que proporcionava gerações que sabiam ler corretamente e não tinham medo de redações.
Mas voltando ao tema, o filme do Lanterna Verde que estreiará em 2011, está  sendo discutido em todos os buracos das redes sociais desde a escolha de Ryan Reynolds como Lanterna até a Roupa Vintage High-tech, coisa comum desde que novas tecnologias deram condições de se fazer um filme com necessidade de tantos efeitos visuais.
Contra a maioria, acho que Ryan Reynolds foi uma boa indicação e o resultado vai depender do diretor, se fizerem o mesmo que fizeram com o Demolidor, aí sim, os fans vão ficar mais uma vez frustrados.

AMAZING

AMAZING (INCRIVEL)

Eu deixei o certo de fora
E deixei as coisas erradas entrarem.
Havia um anjo de misericórdia, para observar-me
através de todos os meus pecados.

 Houve tempos em minha vida
Em que eu estava ficando louco
Tentando atravessar a dor.

 Quando eu perdi o meu controle
E atingi o chão,
eu pensei que  pudesse levantar,
mas não pude alcançar a porta.


Eu estava tão doente e cansado
De viver de mentira
Que eu desejava morrer.

 
É incrível
Quando num piscar de olhos você finalmente vê a luz
É incrível
Quando chega o momento
você sabe que vai dar certo.

Aquele último tiro é como férias permanentes.
E quão alto você pode voar com asas quebradas?
A vida é uma jornada, não um destino
E eu não posso dizer nem o que acontecerá  amanhã.


Você tem que aprender a engatinhar
Antes de aprender a caminhar.
Mas há muito eu não escuto
aquela conversa que ajuda.

Eu estava no meio da rua
Só tentando sobreviver
Superar pra ficar com vida


É incrível
Num piscar de olhos você finalmente vê a luz
É incrível
Quando chega o momento você sabe que vai dar certo
Sim, é incrível
E estou fazendo uma oração pelos corações desesperados
esta noite.

É incrível!


De todos do Aerosmith Para todos voces, aonde quer que estejam
Lembrem se, a luz no fim do túnel
Pode ser você!


Boa noite!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

GLOBO DE OURO 2011 - INDICADOS

Cinema:
Melhor Filme - Comédia ou Musical: Alice no País das Maravilhas, Burlesque, Minhas mães e meu pai, O Turista, Red - Aposentados e Perigosos
Melhor Filme - Drama: A Origem, A Rede Social, Cisne Negro, O Discurso do Rei, O Vencedor
Melhor Filme de Animação: Como treinar o seu Dragão, Enrolados, Meu Malvado Favorito, O Ilusionista, Toy Story 3
Melhor Ator Coadjuvante: Andrew Garfield (A Rede Social), Christian Bale (O Vencedor), Geoffrey Rush (O Discurso do Rei), Jeremy Renner (Atração Perigosa), Michael Douglas (Wall Street - O dinheiro nunca dorme)
Melhor Ator - Comédia ou Musical: Jake Gyllenhaal (Amor e outras drogas), Johnny Depp (Alice no País das Maravilhas), Johnny Depp (O Turista), Kevin Spacey (Casino Jack), Paul Giamatti (Minha Versão para o Amor)
Melhor Ator - Drama: Colin Firth (O Discurso do Rei), James Franco (127 Horas), Jesse Eisenberg (A Rede Social), Mark Wahlberg (O Vencedor), Ryan Gosling (Blue Valentine)
Melhor Atriz Coadjuvante: Amy Adams (O Vencedor), Helena Bonham Carter (O Discurso do Rei), Jacki Weaver (Animal Kingdom), Melissa Leo (O Vencedor), Mila Kunis (Cisne Negro)
Melhor Atriz - Comédia ou Musical: Anne Hathaway (Amor e outras drogas), Annette Bening (Minhas Mães e Meu Pai), Angelina Jolie (O Turista), Emma Stone (Easy A), Julianne Moore (Minhas mães e meu pai)
Melhor Atriz - Drama: Halle Berry (Frankie e Alice), Jennifer Lawrence (Inverno da Alma), Michelle Williams (Blue Valentine), Natalie Portman (Cisne Negro), Nicole Kidman (Rabbit's Hole)
Melhor Canção Original: "Bound to you" (Burlesque), "Coming Home" (Country Strong), "I see the light" (Enrolados), "There’s a place for us" (As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada), "You haven’t seen the last of me" (Burlesque)
Melhor Direção: Christopher Nolan (A Origem), Darren Aronofsky (Cisne Negro), David Fincher (A Rede Social), David O. Russell (O Vencedor), Tom Hooper (O Discurso do Rei)
Melhor Filme Estrangeiro: Biutiful, I am Love, In a Better World, The Concert, The Edge
Melhor Roteiro: Aaron Sorkin (A Rede Social), Christopher Nolan (A Origem), Danny Boyle e Simon Beaufoy (127 Horas), David Seidler (O Discurso do Rei), Lisa Cholodenko e Stuart Blumberg (Minhas mães e meu pai)
Melhor Trilha Original: A.R. Rahman (127 Horas), Alexandre Desplat (O Discurso do Rei), Danny Elfman (Alice no País das Maravilhas), Hans Zimmer (A Origem), Trent Reznor e Atticus Ross (A Rede Social)


Televisão:
Melhor Ator Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme: Chris Colfer (Glee), Chris Noth (The Good Wife), David Straithern (Temple Grandin), Eric Stonestreet (Modern Family), Scott Caan (Hawaii Five-0)
Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme: Al Pacino (You don't know Jack), Edgar Ramirez (Carlos), Dennis Quad (The Special Relationship), Ian MacShane (Pillars of the Earth), Idris Elba (Luther)
Melhor Ator em Série Cômica ou Musical: Alec Baldwin (30 Rock), Jim Parsons (The Big Bang Theory), Matthew Morrison (Glee), Steve Carrell (The Office), Thomas Jane (Hung)
Melhor Ator em Série Dramática: Bryan Cranston (Breaking Bad), Steve Buscemi (Boardwalk Empire), Hugh Laurie (House), Jon Hamm (Mad Men), Michael C. Hall (Dexter)
Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme: Hope Davis (The Special Relationship), Jane Lynch (Glee), Julia Stiles (Dexter), Kelly MacDonald (Boardwalk Empire), Sofia Vergara (Modern Family)
Melhor Atriz em Série Cômica ou Musical: Edie Falco (Nurse Jackie), Laura Linney (The Big C), Lea Michele (Glee), Tina Fey (30 Rock), Toni Collette (United States of Tara)
Melhor Atriz em Série Dramática: Elizabeth Moss (Mad Men), Jullianna Marguiles (The Good Wife), Katie Segal (Sons of Anarchy), Kyra Sedgewick (The Closer), Piper Perabo (Covert Affairs)
Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme: Claire Danes (Temple Grandin), Hayley Atwell (Pillars of the Earth), Jennifer Love Hewit (The Client List), Judi Dench (Return to Cranford), Romola Garai (Emma)
Melhor Minissérie ou Telefilme: Carlos, Pillars of the Earth, Temple Grandin, The Pacific, You don't know Jack
Melhor Série Cômica ou Musical: 30 Rock, Glee, Modern Family, Nurse Jackie, The Big Bang Theory, The Big C
Melhor Série Dramática: Boardwalk Empire, Dexter, Mad Men, The Good Wife, The Walking Dead

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

VOCÊ ESTÁ OUVINDO A MÚSICA DA MUSA




I WANT TO TELL YOU

Porquê esta letra simples? porquê está chovendo. 

 BEATLES ( DO ALBUM REVOLVER) 
(George Harrison)
I want to tell you, Eu quero lhe contar
My head is filled with things to say, Minha cabeça está cheia de coisas prá lhe dizer
When you’re here, Quando você está aqui,
All those words they seem to slip away. Todas as palavras parecem escapulir.
When I get near you, Quando eu me aproximo de você,
Things begin to drag me down, Coisas começam a me puxar para baixo,
It’s alright, Tudo bem,
I’ll make you maybe next time around. Eu explico talvez na proxima vez.
But if I seem to act unkind, Mas se pareço estar sendo indelicado,
It’s only me, it’s not my mind, É somente eu, e não minha mente,
That is confusing things. Que está confundindo as coisas,
I want to tell you, Eu quero lhe contar,
I feel hung up and I don’t know why, Eu me sinto inibido e não sei porquê,
I don’t mind, I could wait forever, Eu não ligo,Eu poderia esperar prá sempre,
I’ve got time. Eu tenho tempo.
Sometimes I wish I knew you well, 'As vezes eu gostaria de te conhecer bem,
Then I could speak my mind and tell you, Então eu poderia falar abertamente e lhe dizer,
Maybe you’d understand. Talvez você entendesse.
I want to tell you, Eu queria lhe falar,
I feel hung up and I don’t know why, Eu me sinto inibido e não sei porquê,
I don’t mind, I could wait forever, Eu não ligo, eu poderia esperar prá sempre,
I’ve got time.  Eu tenho tempo.

sábado, 11 de dezembro de 2010

OUTRA INVASÃO!?











Fanáticos por Sci-fi correm o risco de perderem tempo tendo de ver as novas produções do gênero que abusam dos efeitos especiais e economizam no enredo.
Depois de alguns filmes trash como "Distrito 9" e "Invasão do Mundo", além da série "Walking Dead",surge agora SKYLINE - A INVASÃO, cujo tema é uma força alienigena que ameaça engolir todo mundo,começando pelos bons atores e levando também o enredo para  confins do universo nunca antes navegados.
Não querendo contar o final, digo que é inesperado.Ninguem acredita que o filme acabou.
A combinação de GUERRA DOS MUNDOS com DISTRITO 9  é patética e... caricata, deve estar fazendo sucesso em algum planeta subdesenvolvido da galáxia mais proxima.                            
Já cansou também essa discriminação dessas porras de  ETs só invadirem Nova York, Los Angels, Washington e arredores... acho que o ápice da onda foi "Independence Day", e a exceção foi "SINAIS", aposto que uma invasão real vai começar pela Venezuela, ou Itaquera.
Estou começando a ter saudade de "CONTATOS IMEDIATOS"..ALIEN,O OITAVO PASSAGEIRO, RAMBO...

domingo, 5 de dezembro de 2010

ALBUNS OF MY LIFE - MORRISSEY - BEETHOVEN WAS DEAF

Track listing
1."You're the One for Me, Fatty"
2."Certain People I Know"
3."National Front Disco"
4."November Spawned a Monster"
5."Seasick, Yet Still Docked"
6."The Loop"
7."Sister I'm a Poet"
8."Jack the Ripper"
9."Such a Little Thing Makes Such a Big Difference"
10."I Know It's Gonna Happen Someday"
11."We'll Let You Know"
12."Suedehead"
13."He Knows I'd Love to See Him"
14."You're Gonna Need Someone on Your Side"
15."Glamorous Glue"
16."We Hate It When Our Friends Become Successful"
Beethoven was deaf é um album ao vivo gravado em Paris durante a turnê "Your arsenal" em Dezembro de 1992, com um Morrissey no auge de sua forma pós-The Smiths, abusando das guitarras alucinantes de Alan Whyte e  Boz Boorer. Para os fans é uma reliquia, para os simpatizantes, uma obra-prima. Para mim é o melhor.
BAND
Alain Whyte - Guitars
Boz Boorer - Guitars
Gary Day - Bass guitar
Spencer Cobrin - Drums

REVELAÇÃO IN STEREO

video
     Qualquer coisa parece o THE APPLES IN STEREO
Ou, THE APPLES IN STEREO parece qualquer coisa?

sábado, 4 de dezembro de 2010

TÁ BOM,TÁ BOM, THE APPLES IN STEREO É LEGAL.


Apesar de pouco conhecida entre o grande público, o Apples in Stereo está na ativa desde o início dos anos 1990 e já lançou sete discos, mas eu comecei a notar o som diferente que lembra alguma coisa "conhecida" à partir do disco "New Magnetic wonder" que tem umas musiquinhas grudentas como "Energy" e "Can you feel it", mesmo assim não parecia nada avassalador.
The apples in stereo é entendida pelos comentários como uma banda retro-futuristica, que mescla som dos anos 70 com sonoridades eletrônicas, uma mistura de velvet underground-garbage-abba e quem mais quiserem.
Em seu último trabalho “Traveller in space and time”  a banda norte americana (de Denver) deixou o pop-folk-hi-fi  prá trás. O novo álbum  traz uma série de efeitos de vocoder; instrumento que sintetiza a voz humana, e dá um tratamento quase robótico a gêneros tradicionais como o soul, o pop e o R&B – foi aí que eu me amarrei, em algumas viagens psicodélicas e um punhado de faixas redondinhas, como Nobody but you.
The apples faz lembrar o Dexy´s Midnight Runners, o B52´s, a Electric Light Orchestra, se é que me entendem. É como comer maçãs. Em estéreo. Não é que é legal?

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

I WELCOME YOU TO CRACKERBOX PALACE

GEORGE HARRISON
George faleceu dia 29 de novembro de 2001 em Los Angeles aos 58 anos de idade
Após a separação dos Beatles, em 1970, ofuscado por anos por Lennon e  McCartney, George Harrison lançou grande parte do material que havia acumulado e iniciou sua carreira solo. O primeiro álbum de George foi um sucesso de crítica e de público. All Things Must Pass, de 1970, é considerado por muitos como o melhor disco de um ex-beatle e um dos melhores discos da história. O álbum era triplo (quando lançado em vinil), o primeiro álbum triplo da história do rock (que em CD, se tornou duplo). O álbum atingiu o primeiro posto das paradas de sucesso britânicas e norte-americana, incluía sucessos como as músicas My Sweet Lord e What is Life. Anos mais tarde a canção My Sweet Lord, presente no álbum, lhe trouxe problemas devido a uma acusação de violação de direitos autorais. A canção era bem parecida com "He's so Fine" (single de 1963), do grupo The chiffons. George negou a acusação, mas em 1976, foi condenado por ter subconscientemente plagiado a canção.
Em 1976 George lançou um álbum pelo seu selo, a Dark Horse Records, 33 1/3.  Para o álbum ele escreveu "This Song", canção que satirizava o caso de plágio de "My sweet Lord". As canções "This Song" e "Crackerbox Palace" fizeram um certo sucesso e o álbum atingiu o décimo primeiro lugar nas paradas de sucesso dos Estados Unidos.
A força invisivel dos Beatles compôs poucas mas belas canções durante a vida do grupo, a canção "Something", totalmente de sua autoria, é a segunda música dos Beatles mais regravada de todos os tempos, atrás apenas de "Yesterday". Na carreira solo nos deixou músicas de alto teor espiritual,ou espirituosas como "Crackerbox Palace". Tente entender: 


videoI was so young when I was born 
Eu era tão jovem quando nasci  
My eyes could not yet see
Meus olhos ainda não podiam enxergar
And by the time of my first dawn
E até dar a hora do meu primeiro poente
Somebody holding me . . . they said
Alguem segurou-me ... e falou

I welcome you to Crackerbox Palace
Eu lhe dou boas vindas ao Palacio Crackerbox
We've been expecting you
Aguardavamos por você
You bring such joy in Crackerbox Palace
Você traz tanta alegria ao palacio Crackerbox
No matter where you roam know our love is true
Não importa por onde vagar saiba que nosso amor
é verdadeiro

While growing up or trying to
Enquanto amadurecia ou tentava
Not knowing where to start
Não sabendo por onde começar
I looked around for someone who
Eu procurei por alguem que
May help reveal my heart - someone said
Pudesse ajudar a revelar meu coração - alguem disse
While you're a part of Cracerbox Palace
Enquanto você for parte do Palacio Crackerbox
Do what the rest all do
Faça o que todos fazem
Or face the fact that Crackerbox Palace
Ou aceite o fato de que o Palacio Crackerbox
May have no other choice than to deport you
Pode não ter outra opção a não ser deportar você

Chorus
I welcome you to Crackerbox Palace....

Sometimes are good . . . sometimes are bad
Há momentos bons...há momentos ruins
That's all a part of life
Tudo faz parte da vida
And standing in between them all
E postado entre as duas coisas
I met a Mr. Grief - and he said
Eu encontrei um Sr. Grief - e ele disse 

I welcome you to Crackerbox Palace
Eu lhe dou boas vindas ao Palacio Crackerbox
Was not expecting you
não estava esperando você
Let's rap and tap at Crackerbox Palace
Vamos cantar e conversar no Palacio Crackerbox
Know that the Lord is well and inside of you
Saiba que o Senhor está bem e dentro de você
(Chorus)