Translate

sábado, 28 de setembro de 2013

MUSE - TAO ESOTÉRICO ASSIM?:







Quem nao leu o pêndulo de Foulcat ou nao é iniciado ou simpatizante de ciências ocultas nao percebe as mensagens subliminares que varrem o planeta agora mais rapidamente atraves das midias digitais, leia-se internet. Os discos do Muse sempre foram analisados pelos dois grupos mais atuantes da nova ordem mundial dos segredos: os esotéricos e os evangelicos.
Não é que a musica "NEW BORN"  do disco "origens of simetry" teve seu videoclip revirado e explicado por uma destas correntes e prestando mais atençao parece que tem algo a ver...ou não?
As religioes e as sociedades secretas, diz o livro de Umberto Eco, precisam se mostrar para ficarem invisiveis, e nao se deve esperar que os musicos do MUSE falem o que se espera que falem.
Sobre o significado da canção, o vocalista Matthew Bellamy disse: "Trata-se de um semi-medo da evolução da tecnologia, e como, na realidade, está destruindo toda a humanidade Meu medo é que não podemos controlá-lo, porque ele está se movendo mais rápido do que nós. por isso a canção fala de um acontecimento  no futuro, onde o corpo não é mais importante e ligado a todos em uma rede. A linha de abertura é "vinculá-lo ao mundo,  isso é, conectar-se a uma escala mundial  nascendo em outra realidade. ",Mais simples,impossivel.
Fazendo uma análise da análise evangélica, vamos por partes, como na Cabala.

NOVO NASCIMENTO (Letra)
Conecte-o a seu mundo
Conecte-o a si mesmo
 
0:01 - O chamamento.
A comunicação é muito importante. É impossível realizar um trabalho em grupo sem que haja uma comunicação. É nisso que está pautado o não êxito na construção da torre de Babel Como a comunicação não foi mais possível com a variedade de línguas, a primeira tentativa de estabelecer o governo único mundial (NOM) foi falha. Mas hoje é diferente, o mundo está voltando a se compreender, a comunicação foi retomada e desde então Babel voltou a ser construída.
NOTA: A Comunicaçao global atraves da Rede, deve levar a uma forma de comunicaçao (lingua) unica, o contrario daquilo que impediu o termino (sentido figurado) da torre de Babel. Lembrando que as recentes revoltas como a"primavera arabe" teve a ajuda preciosa das redes sociais, pondo fim e ameaçando algumas ditaduras pelo mundo.

O Nimrode de hoje é Baha'u'llah, é através de seus escritos que o mundo está se "organizando".Nos primeiros segundos do video, tres pontos luminosos sao soltos e saem pelas ruas. Os realizadores do video deviam saber que o numero tres na numerologia corresponde à comunicação.
Nota: Pesquisei que Ninrode foi o primeiro dos senhores do mundo, o primeiro rei a ser chamado de Deus. O nome Ninrode significa “os que se rebelaram”, “revolta”. Ele foi a exata personificação da desobediência as leis de Deus. Ninrode foi o mentor da torre de babel.
Ja Baha'u'llah foi um profeta de origem turca fundador da Fé Bahá´í, que proclamou, aos reis e governantes do mundo, aos seus líderes religiosos e à humanidade em geral, que a era longamente esperada, de paz mundial e fraternidade havia  finalmente se iniciado e que era chegada a hora de transformar o sistema, e criar o espírito e a forma da pré-destinada ordem mundial.
 
 Apocalipse 16:13,14
Na bíblia essa comunicação é feita através de três personalidades: O Dragão que é o Diabo, o qual como príncipe deste mundo juntará o seu exercito para a batalha; a Besta, que são as falsas doutrinas que prometem levar seus praticantes à DEUS, O falso profeta, que corresponde à fase final da reconstrução de Babel, que consiste em reunir todas as falsas doutrinas criadas pelo Dragão, disseminadas pela Besta e professadas agora pelo falso profeta.
NOTA: Cheguei a conclusao que, para explicar o apocalipse, só Deus.
Perceba que no video esses tres três pontos de luz têm essa função de congregar. Em 24 segundos de video vemos que pessoas começam a se reunir.
NOTA: E com olhares vazios (sem visao) parecem esperar algo, ou alguem...

LETRA



Distenda-o como uma contração de parto
Por amor pelo que você esconde
Pois a amargura interna
Está crescendo como um recém-nascido

0:16 - Uma nova era (New born)
Nesta cena alguns pontos me chamaram a atenção.
• A criança aparece com um penteado que lembra as orelhas do Mickey (no caso a Minie). Me parece uma alusão ao controle da mente exercido massivamente nas crianças dessas ultimas gerações. Uma das roupas características da Minie é o seu vestido com bolinhas. No vídeo, a menina parece estar com um pijama branco de bolinhas pretas, as cores clássicas que representam a dualidade.
• A parede é semelhante as escamas de peixe. Poderia ser uma alusão ao fim da era de peixes, a era cristã.
• O quadro com a pera representa a rainha dos céus, neste caso mais especificamente Vênus. A pera significa fertilidade, ela lembra o formato de um útero. Como a astrologia vem forte neste vídeo, Vênus é o planeta das mulheres, o mundo esta sendo comandado por mulheres, elas representam a construção de uma nova era.
 
(Letra)



Tempo desesperador para vagar
A distância para o seu lar
Mescla-se ao lugar nenhum
Quanto você vale?
Você é incapaz de pôr os pés no chão
Você está inchando
Você é invencível
Porque você já viu, viu
Jovens demais, jovens
Desalmados em toda parte
 
 0:31 A marca
Duas pequenas marcas aparecem próximas a sobrancelha esquerda. A mais acima é o ômega, a mais inferior me parece ser o simbolo do infinito (bem achatado). Essa é a dualidade tese e antítese, dois extremos, se você perceber vai ver que há uma outra marca mais ao centro da testa. Esta é a síntese, ainda não plena.
0:47 a apreensão
Depois que o mundo se uniu, se globalizou, se deu conta que possuem problemas em comum e que precisam resolver. É essa a apreensão de hoje, que sucede a manifestação do cristo cósmico Baha'u'llah.
 1:05 O êxtase
Cada um vai associar a manifestação do cristo cósmico àquilo que conhece. Neste caso o êxtase é assemelhado a um show de rock. Um evangélico que vai ao show do Diante do Trono vai dizer que aquela emoção que sentiu durante as musicas é obra do espirito santo, mas essa é a mesma emoção (em suas devidas proporções) que sente alguém que vai a um show de rock e escuta o solo da sua música favorita. Não tem nada de espirito santo, mas...
Perceba que antes de cair do êxtase, nos deparamos com o cantor fazendo a posição de Baphomet, uma mão para cima e outra mão para baixo. Vem retratar a polaridade na mente humana (666 // 999), "o que está em cima é como o que está em baixo". Semelhantemente também à figura de Shiva, o deus da transformação, Presente também na dança dos dervixes, , para representar o principio divino que ligou o Céu e a Terra, ora este princípio (esotericamente falando) é o cristo cósmico Baha'u'llah.Representa o êxtase do cidadão global com o falso batismo
NOTA: Segundo a cultura turca,  uma comunicação entre o homem e o divino se deu através da dança feita pelos dervixes Mevlevi. Um antigo povo daquelas bandas.

1:19 Mais astrologia
Onde a banda está tocando, ao fundo, dá para ver algo que parece ser uma janela. Esta suposta janela tem a mesma forma do simbolo astrológico referente ao planeta Terra,  É um simbolo presente em muitas correntes esotericas. Neste momento (solo-êxtase) ela está bastante iluminada e sua luz quase cobre toda a cruz no interior da esfera, cruz essa que representa o homem (666), a sua carne em contra-posição ao espirito (999), que é a esfera.
2:25 a síntese plena
A marca que antes não podíamos ver, mas que estava lá, agora é revelada. É mais um símbolo astrológico, este corresponde ao planeta Mercúrio. Mercúrio é o planeta mais próximo do sol, é aquele que faz a ligação entre o humano e o divino, é a síntese. Representa nesse contexto o símbolo da plenitude humana, o mais próximo que irá conseguir chegar perto do Sol (deus). Segundo a revelação progressiva, Baha'u'llah é a suprema manifestação de deus, o sinal que se assemelha ao seu espírito é a estrela de nove pontas.

(LETRA)
Destrua os fracos
Mostre-me que é real
Gastando nossa ultima chance
De nos desprender
Apenas quebre o silêncio
Porque estou me afastando
Afastando de você
 








2:43 A alegria do "reino de Deus"
A princípio o povo sentirá uma euforia em ver que o reino de paz foi estabelecido na terra (só que não). A musica fala "Destrua a covardia". Pode-se entender de duas maneiras: a primeira é a mais lógica, você precisa ter coragem para seguir em busca de seus objetivos, mas a outra interpretação vai entrar mais no âmbito do que chamam de "limpeza astral", ou seja, todos aqueles que não estiverem cooperando para um mundo melhor (isso segundo o que eles acham que seja um mundo melhor) devem ser eliminados.

2:56 Inverta 180º
A câmera torna a filmar a face da garotinha, mas dessa vez de uma outra perspectiva, invertida. Será 666X999?
3:41 Frustaçao?
Uma coisa que sempre é apresentada nesse tipo de canção é a permanência da angústia. Mesmo estando concretizando o "plano do alicerce divino" para a humanidade, seus habitantes ainda terão seus corpos sujeitos as angústias da carne.
Em 3:59 do vídeo a criança que é o simbolo do nascimento dessa nova era se sente não muito confiante, logo depois cai sobre a terra, onde está a banda, uma chuva e nesse momento o símbolo da terra volta a brilhar ao fundo, com muito mais força. A música termina.
 
NOTA DO REDATOR: Para os "diabólicos"citados no livro de Eco, informo que nao sou nem iniciado nem candidato, apenas  curioso e nao entendo nothing de ciencias ocultas, esotericas e estudos similares.
 
  

domingo, 22 de setembro de 2013

OLE,OLE,OLE OLE...BRUCE,BRUCE!


Cada tribo teve seus momentos de alegria neste ROCKin RIO 2013, e a musica e como comida: cada um gosta de um prato diferente, mas nesta ediçao  houve um acontecimento. Podemos classificar como historico o show de Bruce Springsteen na noite de sabado. Nao pude ir ao show ao vivo  e  pretendia apenas dar uma olhada pelo Canal Multishow, mas depois que sentei no sofa, esqueci que estava cansado e com sono e queria ficar o resto da noite vendo e sentindo a energia da pura musica  norte-americana exalada por Springfield. Na frente da Street band, que parecia ter uns quinhentos musicos, entre cow-boys, indios, negros estavam duas lendas do rock,os guitarristas Nils Lofgren e Stevens Van Zandt, o saxofonista que parece ter nascido com o instrumento acoplado a boca e apenas o substituto de Clarence Clemons, morto recentemente e homenageado no show com sua imagem no telão durante “Tenth Avenue Freeze-Out”. The Boss desfilou todos os seus hits e fez uma apresentaçao soberba. Depois de iniciar com o Hino "Sociedade alternativa" do Raul Seixas, avisou que iria cantar o album "Born in the USA" inteiro e cantou, emendou clássicos e mais clássicos - Hungry Heart, Badlands, Shackled and Drawn, Born to run. Em Dancing in the Dark  escolheu alguns fans para subirem ao palco e, sempre agitado, as chamou para segui-lo pelo espaço, como se fosse um adolescente, empolgado e feliz enquanto a banda mantinha o ritmo, embalada pelo veterano e preciso baterista Max Weinberg (que toca com Bruce desde 1974.) incansavel.No palco ensaiou passos, tirou fotos, emprestou o microfone... Depois levantou uma das fans nos seus braços e a levou do palco à grade.  Em "Waitin’ on a sunny day", deu o microfone para um garotinho na grade cantar um trecho. O italiano Ludovico de 10 anos ja viu mais de 80 shows de Bruce, acompanhado do pai que e fanatico por Springsteen.
Depois de mais de duas horas e meia de som e solos quase interminaveis, cansado e pingando agua por todos os poros, desgastado mas feliz, Bruce se despediu prometendo voltar e cantou "This hard land". Os fans devolveram a homenagem. Ole,ole,ole ole...Bruce...Bruce! Emocionante.

domingo, 15 de setembro de 2013

MUSE PERFECT



Eu concordo com a teoria que diz: toda banda com tres é boa. O Show perfeito do MUSE foi como  a apresentação do Coldplay no último RIR, bonita e competente.Certamente salvou o evento para os que dizem que o Rock in Rio só tem de Rock o nome, assim como o cantor Belo...bem, no segundo dia todo os roqueiros não tiveram o que reclamar, teve até Offspring num palco secundário! além da ressureição da Florence (and the Machine). Mas a apresentação do Muse foi algo de espetacular, set-list perfeito, com a audácia de tocar Supermassive black hole logo na segunda. Deve ter aumentado a legião de fãs por aqui. E eu pensava que só eu gostava.

RAUL SEIXAS BAIXOU NO ROCK IN RIO

 
 
Não pude ir mas curti pelo Multishow, a homenagem do Detonautas ao meu grande ídolo Raul Seixas. Não sei se as músicas do maluco beleza moldaram minha adolescencia ou se elas apenas se adaptaram ao que eu queria pensar, e seguir. De qualquer forma é bom ver a forma como a música mexe com a maioria das pessoas, e prá mim eu não viveria muito bem sem música. Como um indio sioux, não levei fé e foi até bom eu não estar lá, perdi a linha e chorei vendo o show pela Tv. Ouvi músicas que deixei de ouvir há muito tempo porque o mundo tem que girar e a gente vai junto, mas que foram muito importantes para mim até hoje e sempre serão. Os arranjos ficaram perfeitos e Raul parecia estar no palco apesar da voz digamos, diferente, do Tico, mas louve-se o cuidado de manter as letras intactas. Já passou muito tempo desde que Raul Seixas proclamou as leis da Sociedade alternativa,  GitaPor quem os sinos dobram,Ouro de tolo,Tente outra vez, Metamorfose ambulante... através de todas estas músicas Raul tentava transmitir uma simples teoria: "Assim como está os discos voadores nunca poderão pousar". Ainda não.

sábado, 14 de setembro de 2013

DAVID (SOM ETÉREO) GUETTA



Até o meio dos anos 2000, a diferença entre o digital e o analógico era grande. Hoje, os formatos digitais evoluíram bastante. Há diferenças, é claro. Mas, ficou mais fácil compreender os pontos fortes e fracos de cada lado da discussão.Hoje, é uma diferença subjetiva e que depende apenas do gosto pessoal. Tem quem goste do som cru, dos harmônicos, da textura sonora do vinil. Que aliás voltou a ter um novo aumento no setor de vendas, porém, pelo olhar técnico, as frequências digitais de hoje transcendem a do vinil", dizem os produtores musicais
Fora a taxa de bits e frequencias, podemos dizer que não existe “melhor ou pior”... tudo depende de como o ouvinte percebe o som. Tem gente que sequer consegue perceber qualquer diferença. Tem aqueles que têm ouvidos mais apurados, mas entendem que é questão de gosto entre o analógico e o digital. E ainda tem os puristas, que se acostumaram com o timbre analógico e sentem a diferença de longe, levando-se em conta que quem tem mais ou menos trinta anos não teve muito tempo para se acostumar com o som dos antigos discos de vinil.
Com quase todo mundo adaptado ao som esquálido das midias digitais é compreensivel a vibração do show de David guetta, que não canta nem toca nenhum instrumento, provoca,só distribuindo uma música pré-gravada e soltando alguns efeitos sonoros e visuais. Mas não posso deixar passar...pelo menos ele deveria ter preparado (gravado) um set mais caprichado para o coro da plateia.Uff.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

MUITO VELHO PRO ROCK ATUAL

Uma velha música do Jethro Tull, que eu não gosto muito e só agora começo a compreender, diz que os roqueiros vão ficando velhos para o Rock antes de ficarem velhos para morrer, e nestes tempos de ROCK IN RIO (?) comecei a sentir na pele, a entende-la
pois eu não senti nenhuma atração por nenhuma das atrações.
E agora que o Charlie brown morreu literalmente, e eu não sinto a menor vontade de ir ao RIR ver Ivete Sangalo ou Beyoncé, talvez quem sabe, Muse e Florence and the machine, eu acho que definitivamente estou velho para o RockNRoll. Compreendo que a música tem que mudar e acompanhar o ritmo das gerações e que o som da bateria do The who e as guitarras dos Stones estão cada vez mais distantes   e apenas fazem parte da moldura do meu passado, com muito brilho com certeza, mas não existe mais. E agora? living in a borrowed time como dizia John Lennon, Watching the wheels? observar o movimento... estou naquele limbo musical, velho para o Rock embora ache que estou ainda novo para morrer. Ainda bem que em Outubro tem Aerosmith na praça da apoteose.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

MULHERES PINTADAS




Parece uma música de marinheiros? pois é. Nesta belíssima canção Elton John rende homenagens, como um marinheiro, às mulheres que esperavam (e as que ainda esperam) a chegada de um navio no cais. Mulheres pintadas e sem nomes. Ficou bonito o vídeo retratado com pinturas clássicas. Com mulheres pintadas.

ROBERTO CARLOS - NADA A VER?

 
 
AR DE MOÇO BOM foi lançada em 1966, parece muito tempo mas, nesta época começava a mudar o som da MPB, pelo movimento chamado JOVEM GUARDA. E esta música, com seus acordes perfeitos, e letra não tão perfeita assim,( tentem achar os erros de concordancia) veio a minha mente ao assitir na semana passada o filme "Edward mãos de tesoura". Sabe o que isso significa? Nada. Mas mesmo assim editei este video tentando dar algum sentido à mensagem da música,ou ao video, não sei mais. O importante é reciclar e lembrar as pequenas obras-primas do REI.
Roberto Carlos. 50 Anos, tudo a ver.                                                                                                                         
 
 
 

video